A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 21 de Setembro de 2018

15/08/2018 10:04

Para eleitores, 2º turno a presidente será entre Bolsonaro e Alckmin

A pergunta foi sobre quais os postulantes que devem ir para a segunda etapa do pleito, independentemente em quem o eleitor vai votar

Mayara Bueno
Gráfico aponta índices dos candidatos em 2º turno. (Arte: Ricardo Oliveira).Gráfico aponta índices dos candidatos em 2º turno. (Arte: Ricardo Oliveira).

Os eleitores acreditam que, em um eventual 2º turno este ano, os candidatos a presidente da República, Geraldo Alckmin (PSDB) e Jair Bolsonaro (PSL), se enfrentam. A pesquisa divulgada nesta quarta-feira (dia 15) é do instituto Paraná Pesquisa, que ouviu 2.002 eleitores em todo o Brasil.

Na segunda etapa do pleito, o candidato tucano receberia 27,6% e Bolsonaro 43,3%. A pergunta aos eleitores foi, independentemente de qual a opção de voto, em um eventual 2º turno para presidente, quais seriam os candidatos disputando.

Ciro Gomes (PDT) teria 21%; Marina Silva, 20,7%; Fernando Haddad (PT), 10%; Álvaro Dias (Podemos), 8%; Henrique Meirelles, 3,1%; Cabo Daciolo (Patriota), 1%; Vera Lúcia (PSTU), 0,8%; João Amoêdo (Novo), 0,7%; Guilherme Boulos (PSOL), 0,6%; João Goulart Filho (PPL), 0,6% e José Maria Eymael (DC), 0,5%.

Gráfico com os percentuais de eleitores em relação aos candidatos a presidente. (Foto: Ricardo Oliveira).Gráfico com os percentuais de eleitores em relação aos candidatos a presidente. (Foto: Ricardo Oliveira).

Se a eleição fosse hoje - O levantamento também quis saber a opção dos eleitores caso o pleito ocorresse agora. Em 1º lugar, aparece Jair Bolsonaro com 23,9%. Índice que chama atenção também é de quem não escolheria ninguém, 23,1%.

Marina Silva vem em 2º lugar com 13,2%; Ciro Gomes, 10,2%; Geraldo Alckmin, 8,5%; Álvaro Dias, 4,9%; Fernando Haddad, 3,8%; Cabo Daciolo, 1,2%; João Amoêdo, 1,1%; Henrique Meirelles, 0,9%; Guilherme Boulos, 0,7%; José Maria Eymael, 0,6% e João Goulart Filho, 0,4%.

Apoio do presidente - Os eleitores também foram questionados a respeito de qual candidato deve receber o apoio do presidente da República, Michel Temer (MDB), e se esse aval vai aumentar, diminuir ou não fazer diferença sobre a vontade de votar naquele postulante.

Somam 46,8% os que não sabem, mas 17,4% acreditam que o apoio irá para Henrique Meirelles. Neste caso, 51,4% acha que esse apoio não altera em nada e 39,3% pensam que, ao contrário, o apoio do presidente piora a situação do candidato. 4,7% acham que aumenta e 4,7% não sabem ou não opinaram.

A pesquisa ouviu 2.002 eleitores em 168 municípios dos 26 estados brasileiros e Distrito Federal entre 9 e 13 de agosto. O grau de confiança é de 95% e a margem de erro estimada em 2%. O levantamento está registrado no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o número BR-02891/2018.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions