A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Agosto de 2017

23/03/2014 13:26

Partidos esperam decisão de André para definirem alianças aqui no Estado

Leonardo Rocha
André deve decidir nesta semana se irá disputar a vaga do Senado nesta eleição (Foto: Arquivo)André deve decidir nesta semana se irá disputar a vaga do Senado nesta eleição (Foto: Arquivo)

A decisão do governador André Puccinelli (PMDB) sobre sua candidatura deve nortear os partidos em Mato Grosso do Sul em relação às alianças e parcerias nesta eleição. De acordo com as principais lideranças do PMDB, esta decisão de Puccinelli deve ser tomada nesta semana, até o dia 27 de março.

Alguns partidos já se posicionaram que a participação do governador nas eleições deste ano irá “mexer” com o cenário político de Mato Grosso do Sul e deve gerar mudanças inclusive em parcerias já confirmadas.

A direção estadual do PR já adiantou que se Puccinelli sair candidato terá o apoio da legenda, assim como o PDT que tinha dito antes, que se o governador estivesse no pleito eleitoral também teria seu apoio.

O líder do PMDB na Assembleia, o deputado Eduardo Rocha (PMDB), ressaltou que pela importância e força política do governador, a maioria dos partidos está esperando sua definição para voltar a dialogar um com os outros. “A política aqui está parada esperando para saber o que o André vai decidir”.

O pré-candidato ao governo estadual, o ex-prefeito Nelsinho Trad (PMDB), também afirmou durante esta semana que o cenário político pode sofrer grandes alterações com a participação Puccinelli na eleição, assim como outros políticos, que colocaram seus nomes a disposição nos últimos dias, entre eles o prefeito Murilo Zauith (PSB).

Decisão – O governador voltou a dizer que sua candidata ao Senado é a vice-governadora, Simone Tebet, entretanto reconheceu que existe muita pressão tanto do PMDB, como de prefeitos de outros partidos para que ele saia candidato.

Simone por sua vez “liberou” André para ser candidato e ainda ressaltou que ele é o melhor nome para assumir estava vaga em Brasília. Puccinelli tem até o dia 5 de abril para sair do governo estadual e ser candidato ao Senado, mas os peemedebistas acreditam que sua decisão deve sair nesta semana.




A Trêslagoense e vice governadora Simone Tebet é uma mulher inteligente guerreira e de partido, (assim como foi seu pai) com toda certeza irá adiar seu sonho o que permitirá que o Governador André Puccinelli seja o candidato do PMDB ao senado mesmo que intimamente ele não o queira, porém, como liderança maior do PMDB tem o dever de ouvir seus partidários que tanto contribuíram para o sucesso de sua vida publica, e para o bem do partido e o esperado sucesso da campanha de Nelson Trad Filho seja ele o grande diferencial neste pleito que hora se avizinha, mas, sem descalçar as "sandálias" da humildade pois o Senador Delcídio a mais de uma década em campanha por este governo, nesta eleição, não será páreo fácil pra ninguém, a conferir quando outubro chegar.
 
Antonio Mazeica em 24/03/2014 09:53:12
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions