A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

10/07/2012 13:07

Pela primeira vez, Bernal ocupa tribuna para reforçar candidatura

Gabriel Neris e Fabiano Arruda

Deputado comentou que não havia anunciado o nome do candidato à vice para que ele não fosse cooptado.

Esta foi a primeira vez que Bernal falou sobre candidatura na tribuna (Foto: Giuliano Lopes/ALMS) Esta foi a primeira vez que Bernal falou sobre candidatura na tribuna (Foto: Giuliano Lopes/ALMS)

O deputado estadual Alcides Bernal (PP) ocupou na sessão desta terça-feira (10) a tribuna da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALMS) para reforçar sua candidatura a prefeito de Campo Grande. Esta foi a primeira vez que Bernal comentou sobre o assunto na tribuna da ALMS.

Bernal afirmou que tem consciência de que sofrerá pressão e que portas serão fechadas com sua candidatura. Segundo ele, a insistência em prosseguir como candidato é “baseada na vontade do povo”, que apontou seu nome em primeiro lugar nas pesquisas.

“Espero que o debate seja em alto nível nestas eleições. Os eleitores de Campo Grande são inteligentes, tem bom senso, não são capachos”, provocou o deputado.

Bernal também afirmou na tribuna que o dinheiro para fazer campanha não fará diferença nas eleições. Na última quinta-feira (5), o PP anunciou que serão gastos R$ 7 milhões para a campanha à prefeitura.

Na oportunidade, o deputado também comentou que não havia anunciado o nome do candidato à vice para que ele não fosse cooptado. Bernal segurou o nome do ex-vereador Gilmar Olarte até o momento de registrar a candidatura.

Por conta da demora, especulações tomavam conta de que o deputado poderia desistir da campanha. O candidato também criticou a atuação do PSD e PSC, partidos que se coligaram ao PMDB.

O deputado estadual Diogo Tita (PPS) respondeu Bernal dizendo que o candidato “está traumatizado de sofrer pressão”. Tita afirmou que o próprio Bernal havia declarado que não tinha dinheiro para fazer campanha. “O que o Bernal tem que fazer agora é ir para as ruas buscar votos”, declarou.

Kemp aposta em 2º turno - o deputado estadual Pedro Kemp (PT) declarou que a candidatura de Alcides Bernal a prefeito de Campo Grande fará com que as eleições sejam definidas no segundo turno, ignorando o candidato do próprio partido, Vander Loubet.

Segundo o deputado, a população terá a oportunidade manifestar o direito a escolha de forma mais independente.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions