A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

02/03/2014 10:58

Pesquisa monstra queda de 13 pontos percentuais na aprovação de Bernal

Kleber Clajus
Queda na aprovação foi maior na Região Central e do Imbirussu (Foto: Cleber Gellio / Arquivo)Queda na aprovação foi maior na Região Central e do Imbirussu (Foto: Cleber Gellio / Arquivo)

O prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), teve queda de 13,51 pontos percentuais na aprovação da administração, em relação a 2013. Os dados são de pesquisa do Ipems (Instituto de Pesquisas de Mato Grosso do Sul) publicada, neste domingo (2), pelo Jornal Correio do Estado. A avaliação negativa também ampliou de 24,3% para 30,5%, assim como o número dos entrevistados que responderam ser indiferentes, índice que passou de 38,62% para 45,94%.

De acordo com o Ipems, as áreas onde a desaprovação foi maior estão concentradas na Região Central (41,51%) e do Imbirussu (33,82%). Em seguida, estão Anhanduizinho (32,23%), Segredo (31,88%), Lagoa (28%), Bandeira (23,29%) e Prosa (21,74%).

A pesquisa ouviu 505 eleitores, entre os dias 18 e 21 de fevereiro, acima de 16 anos. Houve ainda filtragem dos questionários após as entrevistas e fiscalização em 20% deles. O intervalo de confiança é de 95%.

Desde que assumiu a prefeitura, Bernal enfrenta dificuldades em dialogar com a Câmara Municipal. Chegou a atacar vereadores e, até o momento, não definiu o futuro da Casa de Leis que pode ser despejada por dívida de aluguel de R$ 13 milhões com a Haddad Engenheiros Associados, proprietária do imóvel sede do Legislativo.

O progressista também foi alvo de investigações pela CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) do Calote e enfrenta processo de improbidade administrativa, movido pelo MPE (Ministério Público Estadual,) por remanejamentos e suplementações apontadas como irregulares pelo TCE (Tribunal de Contas do Estado).

Somado a este contexto, Bernal ainda apresenta dificuldades para licitar novas obras e pode ter pegado “carona” em licitação do interior para compra dos uniformes escolares, ainda sem data para serem entregues.

Justiça leva 60 dias para notificar secretário em ação para afastar Bernal
A Justiça levou dois meses para notificar uma das partes e dar prosseguimento à ação civil por improbidade administrativa contra o prefeito de Campo ...
Oposição promete trégua na Câmara e pede respeito de Bernal
Líder da oposição na Câmara Municipal, o vereador Airton Saraiva (DEM) afirmou, nesta quinta-feira (27), que os “ânimos” do Legislativo deram uma aca...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions