A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 17 de Agosto de 2017

29/04/2017 10:13

Petistas escolhem presidente municipal em segundo turno de eleições amanhã

No primeiro turno, o resultado foi bastante acirrado, com apenas 24 votos de diferença entre Agamenon e Maria Rosana

Lucas Junot
Assim como na primeira votação, no segundo turno as eleições acontecem na Câmara Municipal de Campo Grande, neste domingo (30) (Foto: Divulgação/PTMS)Assim como na primeira votação, no segundo turno as eleições acontecem na Câmara Municipal de Campo Grande, neste domingo (30) (Foto: Divulgação/PTMS)

A escolha do presidente do diretório municipal do PT (Partido dos Trabalhadores) em Campo Grande será definida neste domingo (30). Na disputa estão a atual presidente, Maria Rosana Gama, e o secretário de política sindical do Diretório Estadual, Agamenon do Prado. A votação acontece na sede da Câmara Municipal, das 9h às 17h e, segundo a assessoria do partido, até as 19h a apuração deverá ser concluída.

No primeiro turno, ocorrido no último dia nove, o resultado foi bastante acirrado, com apenas 24 votos de diferença. Agamenon do Prado obteve 418 votos e Maria Rosana contabilizou 394. O terceiro candidato, Orlandinho, somou 82 votos.

Para Maria Rosana, a expectativa no segundo turno traz a preocupação com a véspera de feriado. “Estamos organizando, enquanto candidata estou conversando com os filiados, ligando e falandoda importância de assegurar uma situação que represente o conjunto do partido. Estamos empenhados”, declarou.

Já Agamenon do Prado aposta na reprodução do resultado do primeiro turno, com o agravante de que, dessa vez, um único voto de diferença será suficiente para definir o novo presidente. “São duas candidaturas representando correntes importantes dentro do partido. Vamos fazer um bom debate. Mesmo com a disputa, o partido sai unido para superar adversidades”, projetou.

Ainda de acordo com o candidato, seu grupo político pretende oxigenar as discussões na Capital, “fazendo uma oposição programática ao atual prefeito [Marquinhos Trad – PSD]”. “Queremos discutir seriamente saúde, educação e as prioridades para a cidade, já que não tem orçamento para toda a demanda. Temos oito Ceinf (Centros de Educação Infantil) parados, por exemplo. Mais de 5 mil crianças deixando de ser atendidas”, citou.

Ao todo, no primeiro turno, foram 894 votos válidos em Campo Grande, 47 brancos e 21 nulos, totalizando 962 votantes, pouco distante da estimativa esperada de 1,5 mil votantes. Ou seja, vence quem tiver maior capacidade de convencer os filiados e filiadas a comparecerem para votar no domingo, véspera de feriado.

Diretório Municipal – Para o Diretório Municipal, a chapa Experiência Militante, encabeçada pela Maria Rosana, com apoio do presidente estadual do PTMS, Antônio Carlos Biffi, a secretária estadual de Finanças do partido, Kelly Cristina da Costa, o presidente da Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul), Roberto Botarelli, e o presidente da CUT (Central Única dos Trabalhadores), Genilson Duarte, ficou na frente com 364 votos e vai ocupar o maior número de cadeiras.

Na sequência, com 179 votos, veio a Chapa PT da Base, apoiada pelos mandatos do deputado Cabo Almi e do vereador Ayrton Araújo. Depois apareceu a Chapa Construindo um Novo Brasil com a Militância e com o Povo, apoiada pelos mandatos dos deputados federais Vander Loubet e Zeca do PT, com 172 votantes.

A Chapa A Esperança é Vermelha, da Articulação de Esquerda, apoiada pelo candidato Orlandinho, mandato do deputado estadual Pedro Kemp e o militante mais conhecido do PT no momento, Ilmar Renato, o Mamão, obteve 82 votos; seguida pela Chapa Democratizar para Reconstruir, apoiada pelo mandato do deputado João Grandão, que somou 66 votos. Por fim, com 57 votos, veio a Chapa Esquerda Viva, apoiada pelo mandato do deputado Amarildo Cruz.

Ainda tiveram 4 votos nulos e 38 brancos nas chapas municipais, totalizando 962 votantes. O mandato do próximo presidente será de dois anos.

TSE manda PT, PMDB e mais 5 partidos devolverem R$ 7,8 milhões ao erário
  O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu hoje (27) punir o PT e o PMDB por irregularidades nas prestações de contas de 2011, identificadas em pa...
PT espera mostrar força com PED para enfrentar André
Com o PED (Processo de Eleições Diretas), que acontece amanhã, o PT de Mato Grosso do Sul espera demonstrar unidade e força para enfrentar o governad...
Vice-presidente nacional petista debate PED na Capital
O vice-presidente nacional do PT, Jorge Coelho, chega hoje a Campo Grande para participar de plenária estadual da corrente PTLM (Partido dos Trabalha...
PT discute PED e recurso contra Cabreira hoje à tarde
A cúpula do PT se reúne daqui a pouco, a partir das 14h30, para discutir assuntos relacionados ao PED (Processo de Eleições Diretas) e julgar recurso...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions