A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

03/03/2015 15:09

Petistas esperam mudança em imagem para ter bons resultados em 2016

Leonardo Rocha
Kemp disse que partido pode melhorar imagem até o ano que vem, para chegar forte na eleição (Foto: Roberto Higa/ALMS)Kemp disse que partido pode melhorar imagem até o ano que vem, para chegar forte na eleição (Foto: Roberto Higa/ALMS)
Amarildo Cruz diz que o partido tem bons quadros e que críticas são em função da economia (Foto: Giuliano Lopes/ALMS)Amarildo Cruz diz que o partido tem bons quadros e que críticas são em função da economia (Foto: Giuliano Lopes/ALMS)

Os deputados do PT esperam uma mudança na imagem do partido, a partir do segundo semestre, para que as críticas focadas nas ações e administração da presidente Dilma Rousseff (PT), não tragam consequências para as eleições municipais de 2016. 

A direção estadual do PT se reuniu no final de semana, em Campo Grande, justamente para debater estas estratégias, assim como avaliar como serão as ações do partido a partir deste semestre. Eles esperam ter condições de disputar a prefeitura das principais cidades de Mato Grosso do Sul, como Dourados, Campo Grande e Três Lagoas.

“Sabemos que as críticas são em função da economia, mas temos quadros preparados para fazer este embate e discussão nas principais cidades, também iremos mostrar as nossas conquistas e ações positivas”, disse o deputado Amarildo Cruz (PT).

O deputado João Grandão (PT) lembrou de ações do partido que trouxeram benefícios para população e iniciativa privada. “É preciso relembrar que esse Governo tomou várias medidas de desoneração da folha de pagamento, redução do IPI dos veículos, da linha branca, até mesmo a energia”, pontuou.

Seguindo a mesma linha, Pedro Kemp (PT), ponderou que é natural o “desgaste” da imagem do partido, já que o PT está no Governo Federal, e assim se torna vitrine. “Esta insatisfação vem da necessidade de ajustes e medidas necessárias para economia, dependendo de uma melhora, a situação deve amenizar”, disse ele.

Kemp acredita que existe tempo suficiente para legenda chegar forte nas eleições de 2016. “A partir deste segundo semestre, até o início do ano que vem, a situação deve melhorar e iremos discutir os nomes para a eleição”.

Nomes – Os deputados do PT dizem que ainda é cedo para avaliar nomes e definir pré-candidatos, mas reconheceram que algumas lideranças já começaram a se articular e podem disputar a prefeitura de Campo Grande. Entre eles aparece o deputado Pedro Kemp, o ex-governador e deputado federal, Zeca do PT e até Amarildo Cruz, que disse que pode participar desta discussão.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions