A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

16/07/2009 07:56

PF deve concluir inquérito da Operação Owari até sexta

Redação

A Polícia Federal deve concluir até amanhã o inquérito da Operação Owari, desencadeada no dia 7 deste mês e que levou 42 pessoas para a prisão em Dourados, Ponta Porã, Naviraí e no Paraná. Até agora, além dos acusados detidos na semana passada, pelo menos oito pessoas já foram indiciadas por suspeita de envolvimento no caso. A PF não revela os nomes dos indiciados.

O delegado que coordena as investigações, Bráulio Galloni, foi procurado nesta quinta-feira, mas não atendeu a reportagem. O atendente da delegacia informou que ele está trabalhando na conclusão do inquérito.

O grupo é acusado de fazer parte de uma organização criminosa comandada, segundo a PF, pelo empresário Sizuo Uemura e por seus filhos Eduardo Uemura e Sizuo Uemura Filho, o Dinho. A quadrilha é acusada de fraudar licitações e corromper servidores para assumir o monopólio no sistema público, principalmente na venda e locação de veículos, serviços funerários e serviços na área de saúde.

Apenas Hernane Roberto de Assis, o Polaco, funcionário do empresário Sizuo Uemura, continuam preso na penitenciária de Dourados por também ter sido autuado por porte ilegal de arma. Os demais acusados foram beneficiados por habeas corpus concedido pelo desembargador Claudionor Abss Duarte, do TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul). Trinta e oito pessoas saíram na semana passada. Sizuo, Eduardo e Dinho saíram na terça-feira.

Além dos Uemura e de Hernane Assis, foram empresários de Dourados e Ponta Porã, o vice-prefeito de Ponta Porã, Eduardo Campos (DEM), a mulher dele e funcionária da prefeitura Paula Consalter, o presidente da Câmara de Naviraí, José Odair Gallo (PDT), os vereadores douradenses Sidlei Alves (DEM), Paulo Henrique Bambu (DEM) e Junior Teixeira (PDT), o vice-prefeito de Dourados, Carlinhos Cantor (PR), e oito funcionários da prefeitura, entre eles quatro secretários e dois assessores especiais.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions