ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, DOMINGO  27    CAMPO GRANDE 31º

Política

PF instaura inquérito para apurar ataque contra Jair Bolsonaro

Candidato sofreu atendado quando era carregado por populares durante ato de campanha em Juiz de Fora (MG)

Por Marta Ferreira | 06/09/2018 17:09
Bolsonaro na chegada à Santa Casa de Juiz de Fora, em imagem que circula nas redes sociais.
Bolsonaro na chegada à Santa Casa de Juiz de Fora, em imagem que circula nas redes sociais.

A Polícia Federal instaurou inquérito para apurar o ataque contra o candidato à presidência da República, Jair Bolsonaro, ferido durante um ato de campanha, na tarde de hoje (6), em Juiz de Fora (MG). 

Em nota, a PF confirmou que o homem suspeito de ter esfaqueado o candidato, Adélio Bispo de Oliveira, de 40 anos, foi detido por populares e seguranças e conduzido por policiais federais para a Delegacia da Polícia Federal em Juiz de Fora (MG), onde está prestando depoimento. Antes de ser retirado do local, o suspeito chegou a apanhar de pessoas que acompanhavam o evento.

Bolsonaro era carregado por populares quando foi atingido por um objeto perfurante. Além de seguranças particulares, o candidato era escoltado por policiais federais que o levaram para o Hospital Santa Casa de Misericórdia de Juiz de Fora.

O deputado federal foi levado para a Santa Casa de Juiz de Fora. Por volta das 17h30, o hospital informou que "o paciente Jair Messias Bolsonaro deu entrada no hospital por volta das 15h40 com uma lesão por material perfurocortante na região do abdomen".

Segundo a Globo News informou, houve suspeita de uma lesão no fígado, que não se confirmou. Ainda conforme a insformações da emissora, o ferimento atingiu uma veia que leva sangue ao intestino. Segundo informado, não há risco "agudo" imediato.

O filho de Jair Bolsonaro, Flávio Bolsonaro, disse no Twitter que o episódio "infelizmente foi mais grave do que esperávamos". De acordo com ele, "a perfuração atingiu parte do fígado, do pulmão e da alça do intestino. Segundo a Agência Brasil, Jair Bolsonaro perdeu muito sangue, chegou ao hospital com pressão de 10/3.

(Matéria atualizada às 17h51 para acréscimo de informação)

Adelio Bispo de Oliveira, de 40 anos, foi preso pela Polícia Federal (Foto: Reprodução)
Adelio Bispo de Oliveira, de 40 anos, foi preso pela Polícia Federal (Foto: Reprodução)
Regras de comentário