A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

03/08/2015 18:54

PMDB afunila escolha de pré-candidato para a prefeitura da Capital

Michel Faustino
Segundo Mochi, a escolha dos quatro nomes foi feita com base em pesquisas que apontaram boa aceitação na Capital. (Foto: Marcos Ermínio)Segundo Mochi, a escolha dos quatro nomes foi feita com base em pesquisas que apontaram boa aceitação na Capital. (Foto: Marcos Ermínio)

Em reunião ordinária realizada na tarde desta segunda-feira (3) o PMDB anunciou quatro nomes de possíveis candidatos a prefeitura de Campo Grande nas eleições de 2016. Segundo o deputado estadual Junior Mochi, presidente da Assembleia Legislativa e do Diretório Estadual da sigla, a oficialização sairá até o dia 30 de Setembro.

Conforme o presidente, entre os possíveis candidatos a prefeitura da Capital estão os senadores Waldemir Moka e Simone Tebet, o deputado federal Carlos Marun e também o deputado estadual Marquinhos Trad, que tem anunciado que deve deixar o partido por conta do isolamento político e falta de espaço.

De acordo com Mochi, os nomes foram escolhidos por conta das votações expressivas que tiveram nas ultimas eleições e por estarem bem nas pesquisas.

Questionado sobre a influência da Operação Lama asfáltica, que inclusive menciona o envolvimento de políticos do PMDB, no futuro do partido, o deputado diz que as “consequências ainda serão avaliadas”.

“No momento não podemos avaliar o impacto desta operação cenário eleitoral. Ainda é muito cedo.”, disse.

Sem vez - A principio, a decisão do partido exclui a possibilidade de outros nomes entrarem na disputa, entre eles, os vereadores Mario César, Paulo Siufi, Carla Stephanini e da deputada estadual Antonieta Amorim. Ambos também foram avaliados em pesquisa.

Dos quatro nomes anunciados, apenas o deputado Carlos Marun participou do encontro desta segunda-feira e na ocasião afirmou que está a disposição do partido, no entanto, tudo vai depender da disposição dos demais.

"Eu fui o primeiro a defender que o partido tenha candidato próprio. E acho que temos que entrar pra vencer", disse. 

Candidatos – Conforme anunciado após a reunião, o partido deve lançar candidatos próprios em pelo menos 40 municípios do Estado para 2016.

Em Dourados, o partido tem, a princípio, dois nomes que correm paralelos para a disputa. Do deputado federal Geraldo Resende e da vereadora Delia Razuk.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions