A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

30/09/2016 12:39

Polícia apura se R$ 98 mil apreendidos eram para compra de votos

Dinheiro foi encontrado na casa da cunhada do candidato a prefeito

Leonardo Rocha
Justiça investiga se dinheiro era usado para compra de votos na campanha de Euclides Teodoro (Foto: Folha Integração)Justiça investiga se dinheiro era usado para compra de votos na campanha de Euclides Teodoro (Foto: Folha Integração)

A Polícia Civil e Justiça Eleitoral investigam se os R$ 98 mil apreendidos em uma mala na casa da cunhada do candidato a prefeito de Inocência, Euclides Teodoro de Campos, seria usada para compra de votos na cidade. Nesta ação que contou com três mandatos de busca e apreensão, não houve nenhuma prisão.

A cunhada relatou em depoimento, que esta mala, encontrada de baixo da sua cama, foi levada para sua residência, sem o seu conhecimento. O delegado Rodrigo Evaristo, da Polícia Civil, explicou que o candidato não prestou depoimento e que a investigação vai seguir seu curso, para constatar se o recurso era para compra de votos.

Evaristo confirmou que os três mandados de busca e apreensão tinham justamente o objetivo de encontrar recursos, que poderiam estar sendo usados para compra de votos, após denúncia para Justiça Eleitoral. Como não existem agentes da Polícia Federal, estas diligências foram feitos por policiais civis do município de Paranaíba.

Na cidade de Inocência, dois candidatos a prefeito disputam o pleito: Euclides Teodoro de Campos (PMDB) e José Arnaldo Ferreira de Melo (PSDB). O peemedebista tem o apoio do atual prefeito da cidade, Antônio Ângelo (DEM), que foi anunciado antes da campanha eleitoral.

Entramos em contato com o candidato Euclides Teodoro, mas ele não atendeu as ligações.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions