A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 24 de Setembro de 2017

20/01/2014 10:09

Polícia investiga quatro funcionários de Bernal por atacar vereadores

Edivaldo Bitencourt e Graziela Rezende

A Polícia Civil investiga a participação de quatro funcionários do prefeito Alcides Bernal (PP) na criação de “fakes”, como são conhecidos os perfis falsos no Facebook, para atacar os vereadores de Campo Grande. Três são comissionados e foram nomeados por serem de confiança do chefe do Executivo.

Segundo o delegado Wellington Oliveira, da 1ª Delegacia de Polícia da Capital, são três ocupantes de cargos comissionados, sendo um assessor de imprensa do município. O outro funcionário é de carreira.

Os quatro funcionários foram identificados e podem ser indiciados por injúria, calúnia e difamação. O delegado estuda a possibilidade de enquadrá-los no item de formação de quadrilha ou bando.

Neste caso, o grupo teria se associado com a finalidade de atacar os vereadores que fazem oposição ao prefeito na Capital. Eles também podem ter contratado uma empresa para criar “fakes” com o objetivo de distribuir ofensas aos parlamentares na Capital.

O delegado não concluiu o inquérito. Ele encaminhou os documentos para o Ministério Público Estadual (MPE) e pediu mais 30 dias para concluir a investigação.

Apesar dos funcionários serem indiciados, a demissão deles depende do prefeito Alcides Bernal.




Todos tem direito a se manifestar, mas é vedado que usem nomes falsos e sejam pagos para isso.. Acho excepcional a atitude desse Delegado tão competente. Agora, tem um monte de gente querendo que investigue suas contas particulares para saber quem dos "amigos" são fakes. É querer se aparecer demais! so adicione amigos e bloquei a pagina para terceiros e o problema acaba. se quer se mostrar para os outros, pague o pato! não pense que a policia tem que resolver suas inseguranças.
 
Joana Silva em 20/01/2014 10:50:29
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions