A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

30/01/2014 09:17

PP marca para sábado expulsão e vice-prefeito vê perseguição política

Aline dos Santos
Parceria de Olarte e Bernal ruiu com a chegada ao poder. (Foto: Arquivo)Parceria de Olarte e Bernal ruiu com a chegada ao poder. (Foto: Arquivo)

O PP (Partido Progressista) marcou para sábado, dia 1º de fevereiro, reunião para decidir se expulsa o vice-prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte. Ele informou que não foi notificado do julgamento. No entanto, destacou que a medida configura perseguição política. 

No edital 02/2014, o presidente da Comissão de Ética, Disciplina e Fidelidade Partidária, Ulisses Duarte, convoca todos os membros da Comissão Provisória Regional do PP para a reunião deliberativa. Olarte foi denunciado por infidelidade partidária.

Depois de formar chapa pura na eleição de 2012 com o então candidato Alcides Bernal, a ligação entre os dois ruiu no ano passado, quando Bernal assumiu o comando da Prefeitura de Campo Grande. A distância entre prefeito e vice aumentou com o processo que pode levar a cassação de Bernal.

O prefeito já declarou que Gilmar Olarte estaria por trás de um possível “golpe” contra sua administração e que inclusive estaria “dividindo” cargos caso assuma o Poder Executivo.

O vice-prefeito rebateu que foi excluído da administração municipal e que as acusações não passam de “fantasias”.
Para a defesa de Olarte, a Comissão Provisória do PP não tem “legitimidade” para processar os filiados.O grupo só poderia indicar candidatos e montar o diretório, sem poder de expulsão.

O PP já expulsou o vereador Waldecy Batista Nunes, o Chocolate. A decisão veio após ele se afastar do prefeito e votar a favor da criação da Comissão Processante na Câmara Municipal. Da apuração, surgiu o pedido para a cassação de Bernal. A expulsão de Chocolate foi suspensa pela Justiça.

A reunião sobre o vice-prefeito será às 16h, na sede do PP, localizada na rua 14 de Julho, 1817.

Olarte informou que não foi informado do julgamento. No entanto, ele avalia que está configurado perseguição política. "Não estou muito preocupado com isso não, estou tranquilo. Não fiz nada ilegal que infrigisse o regulamento do partido", destacou. 



Esse Olarte já vai tarde... oportunista de carteirinha, sem competência alguma para ser síndico da casa dele... veio a reboque da popularidade de Bernal e assim que assumiu a cadeira de vice prefeito começou a fazer conchavos... sede de poder... vai trabalhar um pouco pois para o povo você não fez é nada... VAI TARDE GILMAR OLARTE!!!
 
Alex Farias em 30/01/2014 16:37:08
PENSEI QUE ESSE PARTIDO DO BERNAL IRIA SE REUNIR PRA MONTAR UM PROGRAMA EMERGENCIAL PRA NOSSA CIDADE. MATO PRA TUDO QUANTO É LADO E ESSES CARAS SÓ VEM COM CONVERSA -MOLE. GORINHA ERA A CASSAÇAO, AGORA É EXPULSÃO... BLA,BLA,BLA! SOCORRO!!! Vão trabalhar! Cambada de vag... digo, desocupados!!!
 
samuel gomes-campo grande em 30/01/2014 16:36:33
Porque a Câmara não cassa logo esse des-prefeito? Só assim para Campo Grande voltar a ter calama e a progredir.
 
luiz carlos em 30/01/2014 15:20:01
Comissão de Ética, Disciplina e Fidelidade Partidária, mas cadê a competência para com o povo que elege estes que somente querem o beneficio próprio? Comissão de Ética, Disciplina e Fidelidade Para Povo não existe porque? Político nada mais é que um criminoso legalizado pelo povo para roubar o povo! Chocolate e Gilmar reclama das lambanças do Bernal e é expulso? Só porque viso fazer jus aqueles que os elegeram. Tenho vergonha de ser brasileiro!
 
Alexandre de Souza em 30/01/2014 14:41:00
e depois das eleições de 2012 Lídio Lopes, Paulo Matos e outro filiado, tudo alegando infidelidade partidária...apoio ao Giroto.
 
Diana Gaúna em 30/01/2014 14:32:26
Como pode um homem como esse Bernal ainda administrar uma cidade com Campo Grande, eu votei nesse incompetente, se arrependimento matasse...... mas pelo que ele já fez deveria estar bem longe da administração. Agora é torcer que a justiça possa conseguir enxergar que os vereadores estão certos em expulsa-lo da prefeitura
 
Rafael Alves oliveira em 30/01/2014 13:36:39
continuidade da novela pp.mesmo não tendo competência para expulsar membros do partido,o ditador absoluto bernal teima em expulsar o Gilmar.como póde uma pessoa viver com tanto rancor só querendo fazer o mal,e,jogando a culpa sempre nos outros.só ele é certo,o resto do mundo esta errado.procure paz bernal.chega de ofensas e desavenças.procure somar,chega de dividir.calma.
 
francisco de sá em 30/01/2014 10:01:46
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions