A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 20 de Setembro de 2018

30/06/2018 15:28

Pré-candidato, juiz diz que crise no partido é boato da oposição

O presidente do PDT em MS, João Leite Schimidt, teria pedido para deixar direção do partido

Mayara Bueno
Juiz Odilon de Oliveira em entrevista ao Campo Grande News. (Foto: Arquivo).Juiz Odilon de Oliveira em entrevista ao Campo Grande News. (Foto: Arquivo).

"Eu acredito que seja boato", afirma o juiz federal aposentado, Odilon de Oliveira (PDT), pré-candidato ao governo de Mato Grosso do Sul, sobre informações de que o presidente do partido, João Leite Schimidt, anunciou a intenção de deixar o comando.

Segundo apurou o Campo Grande News, o dirigente já teria entregado uma carta de renúncia. "Pelo menos entre eu e ele, não há discórdia". O pré-candidato também nega que exista racha dentro do partido e pedidos para desistir da disputa ao governo e tentar o Senado.

"Dentro do partido o que sempre existiu foi consenso. Nunca houve conversa sobre isso [mudança de candidatura]. É boato que a oposição espalha".

Mais cedo, o vice-presidente do PDT, deputado federal Dagoberto Nogueira, disse que, dentro da sigla, o possível afastamento de Schimidt da presidência é tratado com naturalidade. A situação seria estratégia política para o parlamentar assumir a presidência e, assim, fortalecer sua campanha de reeleição.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions