A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Agosto de 2017

25/12/2013 16:53

Prefeito Bernal atrasa nomeação e vereador do PTB estará “do outro lado”

Zana Zaidan
Bernal não cumpriu acordo em que PTB indicaria chefe da Agetran, e Shimabukuro se mantém na oposição (Foto: Divulgação)Bernal não cumpriu acordo em que PTB indicaria chefe da Agetran, e Shimabukuro se mantém na oposição (Foto: Divulgação)

O atraso na nomeação do indicado do PTB para a presidência da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), o engenheiro Jean Saliba, levou o vereador Edson Shimabukuro a desistir de apoiar Alcides Bernal (PP).

O prefeito tinha acordo com o PTB – em troca de voto contrário à sua cassação, o partido poderia indicar nova chefia para a Agetran. Saliba foi recomendado por Shimabukuro, mas, como a nomeação não foi oficializada, o vereador afirma que se mantém do lado da oposição na sessão extraordinária de amanhã (26), que vota o relatório da Comissão de Processante e, aprovado, cassa o mandato de Bernal.

“Esse foi o acordo: saindo a nomeação do Jean, iríamos para base. Mas isso não aconteceu, não saiu no Diário Oficial de hoje, e acredito que não sairá a tempo antes da sessão de amanhã, que está marcada para 8 horas. O Diário tem saído por volta do meio dia, então acho muito difícil que aconteça. Por isso, estamos do outro lado”, justifica o vereador sobre como será o voto de amanhã.

“Eu queria construir com Bernal essa parceria para melhorar o trânsito, e a própria regional do PTB colocou como imprescindível a nomeação para a Agetran”, acrescenta Shimabukuro sobre não migrar para a base do progressista.

Sem articulação – Questionado sobre o desfecho da sessão que vai definir o futuro de Bernal, Shimabukuro aponta que o apoio dos vereadores ainda é incerto. “Na mesma situação em que eu me encontro, estão outros vereadores”, explica sobre a promessa de o prefeito articular com os partidos que não fui cumprida.

Para o vereador, a conta “não bate”. “O que tenho ouvido é que Bernal garante que tem 12 votos a favor dele, mas os que votam pela cassação, contam 22, ou seja, a conta a conta não bate”, pondera Shimabukuro sobre os 34 votos contabilizados, enquanto a Câmara tem 29 parlamentares.




Indignação! O que mais podemos sentir diante de tantas arbitrariedades destes politicos que não honram o voto do povo que os elegeram. Este vereador Edson Shimabukuro deveria se envergonhar de usar de trocas de favores para seu favorecimento pessoal. A população deverá ficar atenta a estes politicos que entram na politica para se beneficiarem. Sr. Edson vai trabalhar e mostrar seu trabalho e ser merecer de novos cargos e novas posições na politica através de merecimento. O povo acordou.
 
Meire Garcia em 26/12/2013 12:45:31
E olha que o cara (Jean Saliba) sequer é do PTB. Se não me engano, é do PP de Camapuã, onde é Assessor Especial da Prefeitura. Falo como ex-presidente do PP de Camapuã.
 
Etevaldo Vieira em 26/12/2013 10:58:32
É uma vergonha esse vereador dizer que uma simples nomeação de um companheiro para um grande cargo muda o voto. Que consciência em vereador? Só na base do troca-troca. Por isso é que Campo Grande está assim.
 
Etevaldo Vieira em 26/12/2013 10:55:42
que vergonha esse vereador trocar o voto por uma presidencia da agetran, mais um que o povo nao votar pois é uma vergonha,esse tbem deveria ser cassado, pois so olha seus interesses. pena que nao tem vergonha na cara esse vereador.....
 
carlos portilho em 26/12/2013 10:48:58
Vamos trocar todos os politicos, próxima eleição renovar, pra tentar mudar isso.
 
Valter Leonel em 26/12/2013 10:17:45
Estão pressionando o homem com o famoso toma la da cá, ou seja vendendo-se, a troca de voto.
 
arantes satorres em 26/12/2013 10:04:40
Esse é o naipe dos políticos de CG. Tudo na base do intere$$e. Me ajuda que eu te ajudo. Cassado tentando cassar e trairagem dos dois lados...Vergonha Body!
 
Jorge Pantaneiro em 26/12/2013 10:03:25
E ainda têm a capacidade de dizer que essa palhaçada toda não tem nada a ver com nomeações e loteamento de cargos! O que esses vereadores querem mesmo é dinheiro, não estão se importando com Campo Grande. Uma vergonha!
 
Helena Mara em 26/12/2013 09:16:57
Isso é uma prova do absurdo, não é um “julgamento” imparcial, logo não há uma preocupação com a administração pública, pois se este vereador declarou que mudaria o voto por uma nomeação de um apadrinhado, por si só este é um processo viciado, é provável que nem leram o relatório da tal Comissão Processante, e se o atual prefeito tivesse feito tudo o que ele pediram desde o início do seu mandato (não em benefício a população, mas em benefício a eles e seus apadrinhados) Campo Grande não estaria passando por esta situação. Não defendo o Bernal, defendo que a COISA PÚBLICA seja tratada com seriedade que ela merece e que a Lei exige.
 
Cleber de Castro em 26/12/2013 08:29:49
Isso é uma prova do absurdo, não é um “julgamento” imparcial, logo não há uma preocupação com a administração pública, pois se este vereador declarou que mudaria o voto por uma nomeação de um apadrinhado, por si só este é um processo viciado, é provável que nem leram o relatório da tal Comissão Processante, e se o atual prefeito tivesse feito tudo o que ele pediram desde o início do seu mandato (não em benefício a população, mas em benefício a eles e seus apadrinhados) Campo Grande não estaria passando por esta situação. Não defendo o Bernal, defendo que a COISA PÚBLICA seja tratada com seriedade que ela merece e que a Lei exige.
 
Cleber de Castro em 26/12/2013 08:29:05
O voto é moeda de troca... ?? vergonha!!!! Se me o partido for nomeado... vota a favor ou contra...???? Independente do que o prefeito fez...
 
Odair Prado em 26/12/2013 08:08:43
Onde nós estamos? Quer dizer então que o prefeito "negocia" com o PTB o voto contrário à sua cassação, e como moeda de troca "oferece" ao partido a indicação da nova chefia para a Agetran. Então, Sr. Shimabukuro e Sr. Bernal o que vocês negociam, não lhes pertence. O que vocês estão negociando é de interesse de toda a população. Esta troca de "favores" é uma prática tão suja e improba que para nós eleitores, fica claro e faz transparecer a reputação dos senhores como figuras "polítiqueiras". Que nojo!
 
Valdemir Gimenes Sona em 26/12/2013 07:32:03
Interessante esse posicionamento do vereador.
Não importa se há erro ou motivo para cassação. O que importa é votar contra ou a favor, dependendo da "acomodação" política dele em relação ao prefeito.
Eu não votei nesse vereador, mas acredito que os cidadãos que votaram nele não esperavam esse posicionamento.
Espero que o vereador em quem votei não faça a mesma palhaçada.
 
Joel Saraiva Ferreira em 25/12/2013 23:25:25
O Sr. Vereador ia trocar o voto por um favor. Muito bom, tá de parabéns!
 
Vitor Ferreira em 25/12/2013 22:50:52
Que vergonha, nossos vereadores que estão na Câmara para defender -nos das mas administrações e lutar pelo povo que os elegeram, ficam como marionetes, de um lado para o outro tipo assim" vamos do lado que obtivermos vantagem, e o povo que se dane. Enquanto não mudar a Politica de Levar Vantagem, o Brasil não vai mudar. E O PTBnão se envergonha de trocar um Indicação por uma administrador frustrado e incapaz de governar nos Querida Campo Grande, devemos cassar todos os politicos com essa mentalidade.]
 
sonia de fatima em 25/12/2013 21:19:00
como e que é, o vereador my body alguma coisa, diz votar contra Bernal, por não ter uma secretaria para o seu partindo, sendo o titular, seu amigo pessoal ??? caraca meu !!! quem votou nesse cara !!!!!! Nesse cara de pau quero dizer. esse tipo de coisa tem que ser criminalizado, pois não é pelo certo ou errado que ele e o partido dele faz politica, é pelo o que vão ganhar com isso. Ah se isso acontecesse em uma empresa privada.
 
joao jose em 25/12/2013 20:36:24
Então não importa se houve desvio ou não o que existe é uma disputa por espaço estamos de olho vereadores
 
Clóvis Pereira em 25/12/2013 20:22:35
ou seja, se dar os cargos este negócio de cassação passa a ser besteira e será esquecida no tempo.todo mundo tem um preço e a política é um grande negócio que usa o dinheiro do povo para beneficiar uns poucos.
 
Carlos Henrique em 25/12/2013 20:01:02
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions