A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

09/09/2013 11:56

Prefeito coloca em xeque atuação da Justiça em MS

Lidiane Kober
Bernal demonstrou descrédito com a atuação da Justiça no Estado (Foto: Cleber Gellio)Bernal demonstrou descrédito com a atuação da Justiça no Estado (Foto: Cleber Gellio)

O prefeito Alcides Bernal (PP) colocou, nesta segunda-feira (9), em xeque a atuação da Justiça em Mato Grosso do Sul. Para ele, além de tardia, “a Justiça nem sempre é Justiça”.

Apesar da desconfiança, o chefe do Executivo repetiu acionar o Poder Judiciário contra rivais políticos e jornalistas.

Bernal declarou-se vítima de “golpe político” para tirá-lo do poder e afirmou que os adversários o pressionam de todos os lados para ele perder o controle.

“Querem que eu perca o equilíbrio para pecar com instinto irracional, mas eu vou recorrer à Justiça”, avisou, durante lançamento da 1º Brigada de Incêndio.

Apesar de depositar expectativas no Poder Judiciário, ele colocou em suspeita a atuação dos magistrados.

“A Justiça nem sempre é Justiça, é tardia e influenciada por quem está no poder”, avaliou. “Os outros morrem à míngua e, muitas vezes, depois de mortos, recebem a notícia de que não mereciam ser condenados”, completou.

Entre as ações, Bernal elencou processo contra o vereador Elizeu Dionízio (PSL), relator da CPI do Calote. O parlamentar disse ter documentos suficientes para provar que prefeito roubou dinheiro da merenda escolar e de operações tapa-buraco.

Reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, diz Meirelles
A reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, de acordo com o ministro da Fazenda Henrique Meirelles. A declaração foi dada na noite de...
Quanto mais reforma demorar, mais dura será correção, diz ministro
Caso o governo não consiga aprovar a reforma da Previdência ainda este ano, conseguirá em 2018, disse hoje (11) o ministro do Planejamento, Dyogo Oli...


O que o prefeito disse da lentidão da justiça não é novidade para ninguém no Brasil. Todo cidadão brasileiro está careca de saber disso. Aliás a própria justiça em matérias jornalísticas e fóruns realizadas por ela mesma (justiça)já reconheceu também a sua lentidão no julgamento das pilhas de processos em todo o território nacional. Agora só falta os "profissionais da justiça" se acharem melindrados e fazer vistas grossas a injustiça que o prefeito vem enfrentando que é de puro cunho inteiramente político. O que deve prevalecer entre os políticos é todos trabalharem por um só objetivo que é desenvolver projetos em todas as áreas, principalmente, segurança do cidadão, educação , saúde, habitação, indústrias para dar emprego ao povo que não quer nada de graça só oportunidade de trabalhar.
 
João Alves de Souza em 10/09/2013 00:30:22
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions