A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

06/05/2008 17:37

Prefeito de Dourados contesta decisão do TCE

Redação

 

Em nota divulgada há pouco, a prefeitura de Dourados, responde a condenação imposta pelo Tribunal de Contas do Estado que estabeleceu devolução de R$ 14 milhões referentes a falta de prestação de contas sobre contrato em vigor entre 2000 e 2005 no município.

 

A decisão do TCE foi divulgada na tarde de hoje, e envolve o atual administrador, Laerte Tetila e o ex-prefeito de Dourados, Braz Mello.

 

Segundo a atual gestão, no dia 7 de março de 2001 foi rescindido, por meio de decreto, unilateralmente o contrato com a empresa Monreal Corporação Nacional de Serviços e Cobranças, motivo das irregularidades conforme o TCE.

Na nota, a prefeitura garante que só não rescindiu no primeiro dia da atual administração, porque primeiro foi realizado um processo administrativo para verificar possíveis irregularidades

 

O prefeito Laerte Tetila, assegura que nenhum centavo foi cobrado por meio dessa empresa durante seu mandato, portanto diz não entender o motivo da condenação. A Procuradoria Geral do Município deve analisar o caso e fazer um novo pronunciamento amanhã

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions