A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Agosto de 2017

24/03/2014 13:10

Prefeito pretende aumentar índice de 5% para suplementação

Kleber Clajus
Suplementação será ampliada através de diálogo com os vereadores (Foto: Cleber Gellio)Suplementação será ampliada através de diálogo com os vereadores (Foto: Cleber Gellio)

O prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte (PP), não vê empecilho em conduzir a cidade com limite de suplementação de 5%, mas também não esconde interesse em ampliar o índice futuramente. Em coletiva no Grand Park Hotel, nesta segunda-feira (24), ele reafirmou que tudo será negociado com os vereadores.

“Vamos fazer um governo de coalizão. Não se pode fazer contraponto com a Câmara para construir cortina de fumaça para agir de forma equivocada. Nessa linha do respeito mútuo, do diálogo não teremos nenhuma dificuldade. Se no futuro pudermos rever (o índice), vamos construir para facilitar”, disse Olarte.

A principal queixa de seu antecessor, o cassado Alcides Bernal (PP), era de que os vereadores havia “engessado” a administração com limite de 5% do Orçamento da cidade para suplementações e remanejamentos. Acima desse índice seria necessaária autorização da Câmara Municipal. O mecanismo foi aprovado em 2012 e renovado no ano passado com a aprovação da LOA (Lei Orçamentária Anual).

Bernal chegou a ser advertido pelo TCE (tribunal de Contas do Estado) e MPE (Ministério Público Estadual) por irregularidades em suplementações e remanejamentos, o que Olarte pretende evitar ao adotar a linha de diálogo com os vereadores.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions