A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 16 de Agosto de 2017

06/10/2014 18:29

Prefeito recua e anula decreto que mudou o salário de 170 servidores

Lidiane Kober

Na edição de hoje (6) do Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande), o prefeito Gilmar Olarte (PP) tornou pública decisão de “tornar sem efeito” a mudança de salário de 170 servidores do Sistema de Recursos Humanos da prefeitura da Capital.

Anulado, o decreto n. 3.352, de 30 de setembro de 2014, publicado dia 1º de outubro de 2014, não detalhava a mudança exata dos salários, mas era possível verificar a eliminação de 20 cargos de símbolo DCA-1, o de mais alta remuneração da prefeitura.

Conforme a lista publicada, oito assessores executivos I, com salário de R$ 5.049,45 e chance de gratificação de 100%, desciam de nível. O mesmo procedimento chegou a ser adotado a 12 assessores especiais, que recebiam R$ 5.049,45.

A decisão ia de encontro à proposta de reduzir os gastos da prefeitura para conseguir fechar o ano com as contas no azul. No mesmo sentido, o prefeito prometia exonerar de 60 a 100 comissionados, mas, até agora, só foram confirmadas 27 demissões.

Procurado pela reportagem para detalhar a decisão de “tornar sem efeito” o decreto n. 3.352, o secretário municipal de Administração, Valtemir Alves de Brito, não atendeu as ligações telefônicas, nem as retornou.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions