A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 24 de Agosto de 2017

17/06/2014 17:32

Prefeitos afetados pela duplicação da BR-163 se unem para influir na obra

Josemil Arruda
Olarte falando durante a reunião com outros 18 prefeitos em São Gabriel (Foto: Marlon Ganassin)Olarte falando durante a reunião com outros 18 prefeitos em São Gabriel (Foto: Marlon Ganassin)

Começam a se organizar os prefeitos dos municípios afetados pela concessão de recuperação, duplicação e implantação de melhorias da BR-163/MS, que ligará trecho de Mundo Novo a Sonora, em Mato Grosso do Sul. A duplicação começou em abril e a previsão é que a obra esteja concluída até outubro de 2015.

A reunião aconteceu em São Gabriel do Oeste e o prefeito anfitrião, Adão Rolim, destacou que o encontro com os 19 prefeitos foi com a finalidade de criar uma comissão ou até mesmo uma associação para discutir o projeto de duplicação da BR 163. “Queremos saber mais sobre os detalhes do projeto e como vai ficar a acessibilidade das pessoas”, afirmou, referindo-se à necessidade de passarelas para travessias dos pedestres. Aspectos como a chegada de três mil operários, ambientais e de saúde são relevante, na avaliação dos líderes municipalistas.

O prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte (PP), também participou da reunião, que também foi prestigiada pelos chefes de Executivo de Bandeirantes, Caarapó, Camapuã, Coxim, Dourados, Douradina, Eldorado, Itaquiraí, Jaraguari, Jutí, Mundo Novo, Naviraí, Nova Alvorada do Sul, Pedro Gomes, Rio Brilhante, Rio Verde de Mato Grosso, São Gabriel do Oeste e de Sonora.

Além deles, o deputado federal Vander Loubet (PT) estava presente e informou que outras reuniões serão feitas na sede da Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul (Assomasul). “Vou convidar os três senadores e os oitos deputados federais, os prefeito para discutir amplamente este assunto da duplicação da BR 163, que precisa de apoio dos parlamentares. E os prefeitos podem ter a certeza que vamos fazer nossa parte”, assegurou.

Gilmar Olarte anunciou apoio técnico aos prefeitos dos municípios diretamente afetados pela duplicação da rodovia federal. “Estamos hoje com os prefeitos das cidades do interior que fazem parte o eixo que vai receber a duplicação da BR 163. Nós queremos que os serviços sigam o curso normal sem nenhum prejuízo para os municípios. Campo Grande participa deste processo que pode ser da formação de uma Associação ou comissão. Depois de ouvir os problemas decidi disponibilizar dois técnicos especializados em infraestrutura para fazer a assessoria para os prefeitos das cidades onde será duplicada a rodovia 163”, afirmou. O prefeito de Coxim, Aluízio Cometki São José, enalteceu a iniciativa de Olarte como contribuição importante para a formação da comissão.

Já o prefeito de Rio Verde, Mário Alberto Kruger, demonstrou preocupação com os impactos sociais e ambientais que a obra pode trazer para sua região. “Agora temos que pensar em abrigar mais de três mil operários, inclusive com atendimento médico que eles vão precisar. Nós estamos fazendo esta reunião para discutir meio ambiente, saúde e também a construção de passarelas para dar segurança aos pedestres”, destacou.




Eles querem na verdade é saber em qual município vão ser instaladas as praças de pedágio, para recolher o ISS (imposto sobre serviços).
 
Marcos Wild em 18/06/2014 07:43:27
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions