A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

20/07/2012 11:20

Prefeitos têm que reclamar falta de recursos com a União, diz Puccinelli

Fabiano Arruda e Aline dos Santos
Queda de arrecadações no Estado é de responsabilidade do Governo Federal, afirmou o governador André Puccinellli durante evento na Famasul nesta manhã. (Foto: Minamar Junior)Queda de arrecadações no Estado é de responsabilidade do Governo Federal, afirmou o governador André Puccinellli durante evento na Famasul nesta manhã. (Foto: Minamar Junior)

“Vão reclamar onde a torneira fechou”, disse o governador André Puccinelli (PMDB) nesta sexta-feira numa referência para que prefeitos reivindiquem com o Governo Federal novos recursos.

Segundo Puccinelli, o Governo do Estado tem atuado com destinação de recursos às Prefeituras como “máquina” e “contratualização de hospital”.

Ele afirmou que fará um levantamento para saber quanto a administração estadual destinou a cada município e que também vai pedir aos prefeitos contenção de gastos. “Eles também se tornem eficiente”.

André destaca que quedas de receitas como a Cide (Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico), que incide na venda da gasolina e do óleo, atingem estados e municípios.

As reduções nas arrecadações no FPE (Fundo de Participação do Estados), FPM (Fundo de Participação dos Municípios) e nas operações com o gás boliviano são de responsabilidade de União, prossegue.

“Quem deve acudir municípios e estados? É a União, a ‘mamãezona’, que tem que colocar mais leite na mamadeira”, criticou.

Cortes - Decreto normativo publicado na edição de quinta (19) do Diário Oficial do Estado determinou que os secretários estaduais criem mecanismos para redução de custeio na ordem de 20%, o que deve gerar, segundo Puccinellli, economia mensal de R$ 20 milhões aos cofres do Estado.

A recomendação de corte de gastos também se estende ao TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), Assembleia Legislativa, Defensoria Pública, MPE (Ministério Público Estadual) e TCE (Tribunal de Contas do Estado).

André participou nesta manhã, na sede da Famasul (Federação de Agricultura de Mato Grosso do Sul), em Campo Grande, de seminário sobre o Plano Estadual de Logística e Transporte, evento em que foi um dos palestrantes.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions