A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 24 de Março de 2019

25/01/2019 13:43

Prefeitura quer criar policlínica e leva projeto a ministro da Saúde

Ideia é criar uma unidade com diversos serviços e que ofereça cirurgias eletivas

Mayara Bueno
Prefeito Marquinhos Trad (à esquerda), com a coordenadora de projetos Catiana Sabadin e o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. (Foto: Divulgação/PMCG).Prefeito Marquinhos Trad (à esquerda), com a coordenadora de projetos Catiana Sabadin e o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. (Foto: Divulgação/PMCG).

Em Brasília, a equipe da Prefeitura de Campo Grande apresentou projeto de um complexo que reúna serviços de saúde e oferça cirurgias. Nesta sexta-feira (dia 25), o chefe do Executivo municipal, Marquinhos Trad (PSD), se reuniu com o ministro de Saúde, Luiz Henrique Mandetta.

Segundo a coordenadora de projetos do município, Catiana Sabadin, que também participou da reunião, a ideia é construir um local que ofereça atendimento não coberto nas UPAs (Unidade de Pronto Atendimento) e hospitais, como cirurgias eletivas - processos cirúrgicos que podem ser programados.

“Os grandes hospitais atendem as cirurgias de alta complexidade e há demanda reprimida de cirurgia eletiva”, explicou. Agora, a Prefeitura de Campo Grande vai construir um projeto para entregar ao ministério da Saúde.

Hoje, a equipe do município apresentou a ideia, também para verificar quais são as perspectivas da pasta federal quanto ao atendimento da demanda apresentada. Como o projeto ainda será estruturado, não há previsão de quanto será gasto com a medida, nem o local em que o complexo será montado.

Projeto – O diretor-presidente da Funesp (Fundação Municipal de Esporte), Rodrigo Terra, apresentou ao ministro projeto já iniciado em Campo Grande, que envolve saúde e esporte. A ideia é fazer com que o programa possa ser ampliado a nível federal.

“O ministro ficou empolgado, já tinha esse pensamento, do trabalho de prevenção na saúde”. Em Campo Grande, segundo o diretor, existe ação conjunta entre as secretarias de Saúde e Esporte, de modo que, quando um paciente chega em uma unidade de saúde, o profissional verifica se é necessária a prática de uma atividade física.

O contrário também ocorre. Quando uma pessoa inscrita em projetos de esporte da Prefeitura apresenta alguma condição que necessita de ajuda profissional médica, ela é encaminhada para os postos.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions