A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 22 de Agosto de 2019

17/07/2009 11:35

Presidente da Câmara quer toque de recolher na Capital

Redação

Pai de três filhos, o presidente da Câmara Municipal de Campo Grande, Paulo Siufi (PMDB), defendeu a instituição do toque de recolher para crianças e adolescentes na Capital. Ele foi questionado sobre o assunto nesta manhã, em entrevista coletiva no prédio do parlamento.

"Campo Grande precisa de um toque de recolher. Acredito que é interessante porque as famílias perderam o controle dos seus filhos", afirmou o presidente, que é pediatra. "Eu trabalho pela família", acrescentou.

Mato Grosso do Sul é o estado brasileiro com mais municípios em que os adolescentes têm hora marcada pela Justiça para voltar para casa: quatro (Nova Andradina, Fátima do Sul, Jateí e Vicentina). Em todo o país, a medida foi adotada em 21 cidades.

Para Siufi, a medida irá reduzir o número de acidentes de trânsito e o uso de bebidas alcoólicas por adolescentes. O assunto será tema de audiência pública na Câmara, em agosto, após a volta do recesso parlamentar que tem início hoje.

Nas cidades onde o toque de recolher foi estabelecido, os juízes afirmam que houve redução evidente na criminalidade, mas não apresentam dados que comprovam isso.

A fiscalização é feita pelas polícias militar e civil, com o acompanhamento de um conselheiro tutelar. Se uma criança ou adolescente é encontrado na rua após o horário permitido, ele é levado para a família ou encaminhado ao Conselho Tutelar. Pais e responsáveis estão sujeitos a responder pelo crime de abandono intelectual.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions