A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 16 de Novembro de 2018

17/09/2008 10:46

Presidente do PMN é exonerado da Sanesul após 17 faltas

Redação

Com 17 dias seguidos sem trabalhar desde que deveria ter voltado de férias, o presidente regional do PMN, Adalton Garcia de Freitas, será exonerado nesta quarta-feira do cargo comissionado que ocupava na Sanesul (Empresa de Saneamento do Estado de Mato Grosso do Sul). Ele era lotado como supervisor de processo de meio ambiente.

Adalton, que é coordenador da candidata à prefeita Iara Costa (PMN), fazia campanha no horário do expediente. Mas ele perde o cargo por abandono de emprego. O presidente do PMN tirou férias em agosto e deveria ter voltado ao trabalho no dia 1º de setembro, o que não aconteceu.

Segundo a empresa, Adalton não pediu licença do cargo. A Sanesul afirma que ele não receberá pelos dias que deixou de trabalhar.

Procurado pela reportagem, Adalton recusou-se a dar explicações.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions