A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 23 de Setembro de 2017

04/09/2017 12:13

Projeto amplia licença-paternidade aos servidores do legislativo

Leonardo Rocha
Paulo Siufi apresentou projeto durante sessão na Assembleia (Foto: Victor Chileno/ALMS)Paulo Siufi apresentou projeto durante sessão na Assembleia (Foto: Victor Chileno/ALMS)

O projeto apresentado pelo deputado Paulo Siufi (PMDB), amplia a licença-paternidade, aos servidores do legislativo estadual, de cinco para 20 dias. Além disto define que a licença tanto para os pais e mães irão começar a contar, depois que o bebê deixar o hospital, no caso de serem prematuros.

"O recém-nascido enfrenta uma série de desafios e obstáculos à sua sobrevivência, tais como hemorragias, funcionamento pulmonar precário, que podem acarretar em outras doenças. Então é preciso conscientizar sobre os cuidados", disse o autor.

O deputado, que é médico-pediatra, ressaltou que é preciso ter um cuidado especial no caso dos bebês prematuros. "Toda a dinâmica é diferente, pois se precisa do apoio de todos e, dependendo do caso, a mãe nem vai gozar do período de licença".

Também lembrou da necessidade de se estender a licença dos pais, que segundo ele são importantes na inserção dele na vida da criança. O projeto segue para as comissões permanentes da Assembleia, para depois ser votado pelos deputados em plenário. Caso seja aprovado, ainda passa pelo crivo do governador Reinaldo Azambuja (PSDB).




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions