A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

11/04/2013 17:49

Projeto de Giroto torna crime hediondo tráfico de pessoas para exploração sexual

Viviane Oliveira
Giroto apresentou no começo deste mês na Câmara dos Deputados o Projeto de Lei que torna crime hediondo o tráfico internacional e de exploração sexual. (Foto: divulgação)Giroto apresentou no começo deste mês na Câmara dos Deputados o Projeto de Lei que torna crime hediondo o tráfico internacional e de exploração sexual. (Foto: divulgação)

O deputado federal Edson Giroto (PMDB) apresentou no começo deste mês na Câmara dos Deputados o Projeto de Lei que torna crime hediondo o tráfico internacional  de pessoas e de exploração sexual. Giroto afirma que o tráfico de pessoas movimenta cerca de R$ 32 bilhões por ano, segundo a ONU (Organização das Nações Unidas).

Hoje, o artigo 231 do Código Penal, alterado em 2009 pela lei prevê pena de reclusão de três a oito anos para quem promover ou facilitar a entrada no Brasil, bem como quem facilitar a saída de alguém para prostituição, o tráfico internacional de pessoa para fim de exploração sexual.

Aplica a mesma pena a quem agenciar, aliciar ou comprar pessoa traficada e, tendo conhecimento dessa condição, transportá-la, transferi-la ou alojá-la. Se a vítima for menor de 18 anos, o agente for parente ou empregador da vítima, e se houve o emprego de violência, ameaça ou fraude, a pena é aumentada.

No caso do tráfico de pessoa dentro do Brasil para prostituição ou outra forma de exploração sexual, a pena prevista no Código Penal é de dois a seis anos, sendo aumentada pela metade nos mesmos casos do tráfico internacional.

Nos dois casos, além das penalidades previstas, será aplicada multa se o crime for cometido com o fim de obter vantagem econômica. “Mesmo com essas penas, o criminoso condenado é beneficiado com vários direitos que possibilitam a redução do tempo de cumprimento da condenação, por isso é necessário que este crime seja tipificado como hediondo”, disse Giroto.

As pessoas traficadas são levadas para o exterior acreditando em promessas de trabalho digno e sofrem com a exploração sexual, além da violência com que são tratadas.

Marun ainda quer votar relatório da JBS antes de posse no ministério
Na véspera de ser empossado como ministro da Secretaria de Governo, o deputado Carlos Marun (PMDB-MS), relator da Comissão Parlamentar Mista de Inqué...
Senado aprova R$ 1,9 bi a estados para compensar desoneração de exportações
Após suspender a sessão do Congresso Nacional, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), retomou os trabalhos do plenário da Casa com o obj...
Temer discutirá data de votação da reforma da Previdência nesta quinta
O anúncio do líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), de que a votação da proposta de reforma da Previdência ficará para fevereiro causou r...


Ele deveria criar um projeto pra tráfico de influência... isso sim
 
Esdras Carvalho em 11/04/2013 23:01:59
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions