A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

15/05/2016 14:13

Projeto fixa salário do governador e dos secretários estaduais em MS

Leonardo Rocha
Mesa Diretora apresenta projeto sobre salário do governador (Foto: Assessoria/ALMS)Mesa Diretora apresenta projeto sobre salário do governador (Foto: Assessoria/ALMS)

O projeto apresentado pela Mesa Diretora da Assembleia, congela o salário do governador, vice-governador e secretários estaduais de Mato Grosso do Sul. O objetivo é desvincular estes subsídios ao valor recebido pelos desembargadores do TJ-MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul). Com isto se houver aumento do Poder Judiciário, não vai incidir no Poder Executivo.

Com esta mudança, fica fixado o valor de R$ 30.471,11 ao governador do Estado e R$ 24.376,89 ao vice-governador e secretários estaduais. A proposta destaca que desde o mês de maio, está em regime de urgência na Câmara dos Deputados, o projeto de lei que aumenta o subsídio mensal dos ministros do STF (Supremo Tribunal Federal).

Este aumento será de R$ 33.763,00 para R$ 39.293,38, o que representa um ganho real de R$ 5.530,38. Caso seja aprovado e sancionado pelo presidente da República, haverá um efeito cascata nos demais tribunais estaduais e consequentemente nos salários do governador, vice-governadora e secretários estaduais, que hoje são vinculados a estes vencimentos.

Se justifica que em função da crise econômica em Mato Grosso do Sul, assim como em todo o País, não é admissível que haja esta concessão de reajuste de 16,38% para o poder executivo estadual. A matéria agora segue para as comissões permanentes, para depois ser avaliada em plenário pelos deputados. Caso seja aprovada, segue para sanção do governador Reinaldo Azambuja (PSDB).



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions