A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

17/09/2008 06:42

Projeto proíbe participação de animais em circos em MS

Redação

Projeto de lei apresentado ontem na Assembléia Legislativa proíbe a participação de animais em espetáculos circenses em Mato Grosso do Sul. Em Campo Grande, a apresentação desses espetáculos com animais foi proibida neste ano.

A proposta do deputado estadual Paulo Duarte (PT) proíbe a participação de qualquer tipo de animal: quadrúpedes ou bípedes, domésticos ou selvagens, exóticos ou nativos.

Caso seja aprovada, quem descumprir a lei estará sujeito a multa de R$ 1 mil a 10 mil Uferms (cerca de R$ 135 mil), dependendo da quantidade de animais e das condições de cada um deles. O dinheiro arrecadado será destinado para o Fundo de Defesa e Reparação de Interesses Difusos Lesados.

"Para realizar tarefas como dançar, andar de bicicleta, tocar instrumentos, pular em argolas (com ou sem fogo), cumprimentar a platéia, entre outras proezas, os animais são submetidos a treinamento que, regularmente, envolve chicotadas, choques elétricos, chapas quentes, correntes e outros meios que os violentam", justifica Duarte.

O uso de animais em circos é proibido em todo o Rio de Janeiro, em cidades como Porto Alegre (RS), São Leopoldo (RS), Campinas (SP), Cotia (SP), Sorocaba (SP) e Blumenau (SC) e em países como França, Dinamarca, Noruega, Finlândia, Suíça, Argentina e Costa Rica.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions