A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

17/12/2008 09:33

Projeto que beneficia travestis deve ser arquivado

Redação

Depois de uma tumultuada sessão, que terminou suspensa por conta de manifestações calorosas de travestis e evangélicos que acompanhavam a votação do projeto de autoria do vereador Athayde Nery (PPS), que propõe a concessão do título de Utilidade Público à ATMS (Associação das Travestis de Mato Grosso do Sul), a proposta pode será arquivada.

Para ser voltado ainda este ano em sessão extraordinária, o autor da proposta tem que conseguir 14 assinaturas. Pelo menos seis vereadores se manifestaram contrários ao projeto.

Colocando em pauta na sessão de ontem, a polêmica matéria não foi voltada por conta do pedido de vista do vereador Pastor Sérgio (PMDB). Para justificar o pedido, o vereador que preside a Comissão de Orçamento da Casa, disse que precisaria de mais tempo para verificar quais impactos tal proposta significaria à receita do Município. Na avaliação dele, como a associação ganharia facilidades de pleitear dinheiro público, a aprovação poderia gerar custos extras.

Irritado, o autor da proposta acusou o Sérgio de preconceito e disse que o pedido era uma tentativa de evitar que a proposta em tramitação há dois anos fosse votada.

Athayde defendeu na tribuna a votação da proposta. No discurso inflamado chamou os evangélicos que acompanhavam a sessão de preconceituosos.

Reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, diz Meirelles
A reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, de acordo com o ministro da Fazenda Henrique Meirelles. A declaração foi dada na noite de...
Quanto mais reforma demorar, mais dura será correção, diz ministro
Caso o governo não consiga aprovar a reforma da Previdência ainda este ano, conseguirá em 2018, disse hoje (11) o ministro do Planejamento, Dyogo Oli...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions