A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Novembro de 2019

09/11/2019 15:28

Projeto quer apoio às mães quer perderam filhos durante gestação

intenção é divulgar mais informações sobre o tema e melhorar atendimento às gestantes que passaram por isto

Leonardo Rocha
Deputados Neno Razuk (PTB), João Henrique Catan (PL) e Evander Vendramini (PP), durante sessão (Foto: Assessoria/ALMS)Deputados Neno Razuk (PTB), João Henrique Catan (PL) e Evander Vendramini (PP), durante sessão (Foto: Assessoria/ALMS)

O projeto apresentado na Assembleia busca dar apoio e criar campanhas para ajudar as mães que perderam seus filhos durante a gestação. A intenção é divulgar mais informações sobre o tema, dar voz às famílias que passaram por esta situação, além de promover um atendimento “humanizado” nos serviços de saúde quando estes casos ocorrerem.

“Ainda é um tabu falar sobre morte, ainda mais quando se trata do luto materno, na possibilidade de pais enterrarem seus filhos recém-nascidos, ou mesmo aqueles que morrem enquanto estão dentro da barriga de suas mães”, disse ao autor do projeto, o deputado Evander Vendramini (PP).

Ele destaca que muitas vezes em vez de um atendimento adequado, estas mães ouvem coisas que as deixam “mais deprimidas”, já que não dão o devido valor a situação. “muitas pessoas minimizam essa dor pelo simples fato de ser um bebê e que a tristeza pode acabar com a vinda de outra criança”, pontuou.

A proposta prevê a criação da “Semana de Sensibilização à Perda Gestacional, Neonatal e Infantil”, que será comemorada todo ano, na semana do dia 15 de outubro. Nesta discussão haverá reuniões, palestras sobre o tema e apresentação de estudos sobre o “impacto emocional” para as vítimas.

O projeto segue para as comissões da Assembleia, para depois ser votado em plenário pelos deputados. Se for aprovado ainda passa pelo crivo do governador Reinaldo Azambuja (PSDB).

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions