A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 19 de Abril de 2018

27/10/2017 12:40

Projeto quer medidas de proteção em shoppings para evitar acidentes

Intenção é evitar quedas do 2° andar, seja em acidentes ou até tentativas de suicídios

Leonardo Rocha
Deputado Maurício Picarelli apresentou projeto na Assembleia (Foto: Victor Chileno/ALMS)Deputado Maurício Picarelli apresentou projeto na Assembleia (Foto: Victor Chileno/ALMS)

O projeto do deputado Maurício Picarelli (PSDB) defende maior proteção nos pavimentos superiores, nos shoppings, residenciais, comércios e empresas, para que sejam instalados equipamentos, que possam impedir a queda de pessoas de um andar para o outro, seja em acidentes ou até tentativas de suicídio.

Por esta razão, solicita que estes locais tenham um "guarda corpo" ou "gaiola", para evitar estas quedas. Caso se torne lei estadual, esta proteção deve ser colocada até o dia 31 de dezembro de 2018. “Acidentes em escadas e pessoas que cometem suicídio representam número alarmante em Mato Grosso do Sul, infelizmente, pela falta destes mecanismos de segurança”, ponderou.

Picarelli disse que tais medidas podem gerar economia com os gastos hospitalares, em função dos acidentes. "O guarda corpo deve ser fixado a partir do degrau inferior, se possível, desde que não impeça o acesso a escada, e deverá se estender até o piso superior, impedindo a possibilidade de acidentes".

O autor ressalta que as medidas podem evitar inclusive tentativas de suicídio. "A medida se faz necessária e emergencial com relação ao limite mínimo de 1,20 m dos guardas corpos em shoppings centers, diante ao número de suicídios registrados em todo o Brasil", disse Picarelli. O projeto será apreciado pelos deputados, na Assembleia Legislativa.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions