A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

14/07/2012 12:30

Promotores impugnam candidatura de Dagoberto Nogueira

Fabiano Arruda
Dagoberto Nogueira durante culto que marcou a largada da campanha de Edson Giroto nesta manhã. (Foto: Divulgação)Dagoberto Nogueira durante culto que marcou a largada da campanha de Edson Giroto nesta manhã. (Foto: Divulgação)

Os promotores Rogério Augusto Calabria Araújo e Érica Espíndola, da 36ª zona eleitoral de Campo Grande, contestaram a candidatura de Dagoberto Nogueira (PDT) à vice de Edson Giroto (PMDB) à Prefeitura da Capital.

O advogado do pedetista, Valeriano Fontoura, revelou que o teor da impugnação é idêntico ao apresentado por Ary Rigo e Onevan de Matos, do PSDB, em 2010, com base na Lei da Ficha Limpa.

Como agora, à época, Dagoberto teve o registro da candidatura ao Senado contestado por ter sido condenado em duas ações pelo TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul).

Conforme o advogado, contudo, as ações não fazem referência a direitos políticos e, segundo ele, em 2010, a Justiça Eleitoral decidiu que Nogueira estava apto a ser candidato ao Senado.

Valeriano afirma causar estranheza de a impugnação ser baseada em ações que já foram julgadas pela Justiça Eleitoral. Ele adianta que esta será a linha de defesa, que tem prazo de sete dias. Só a partir daí que o juiz eleitoral defere ou não.

“Quando a impugnação é temerária os responsáveis pelo pedido podem responder criminalmente”, garantiu.

Dagoberto Nogueira participou nesta manhã de culto ecumênico que marcou a abertura da campanha de Giroto.



porque nao colocou o siufi para vice nao teria essa dor de cabeça agora
 
nilton sabinojr em 14/07/2012 03:25:53
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions