A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

23/06/2016 10:49

PSDB espera fechar apoio do PMDB a Rose nos próximos dias, diz secretário

PR já garantiu aliança, enquanto peemedebistas articulam parceria com o PSB

Mayara Bueno e Leonardo Rocha
Secretário da Casa Civil, Sérgio de Paula, em evento na governadoria, nesta quinta-feira (23).(Foto: Fernando Antunes)Secretário da Casa Civil, Sérgio de Paula, em evento na governadoria, nesta quinta-feira (23).(Foto: Fernando Antunes)

O PSDB espera ter, dentro de 10 dias, definição do PMDB e PSB para, somados ainda ao PR, formar uma aliança em torno da candidatura da vice-governadora, a tucana Rose Modesto, à Prefeitura de Campo Grande. Quem costura o acordo é o chefe da Casa Civil do Governo do Estado, Sérgio de Paula, que participa de reunião de todo o secretariado com o governador, Reinaldo Azambuja (PSDB), na Governadoria, nesta quinta-feira (23).

O PR já confirmou a parceria, que, inclusive, será oficializada em evento na tarde de hoje. A ideia dos tucanos é também atrair o PMDB e PSB, que atualmente discutem entre si qual será seu posicionamento, e ampliar a parceria para Dourados e Três Lagoas. Em todo o Estado, diz Sérgio de Paula, a expectativa do PSDB é lançar 40 candidaturas a prefeito. 

Segundo o secretário, o próprio governador está dialogando com o PMDB. Sérgio de Paula, no entanto, acredita que, em 10 dias, a negociação com o PMDB e PSB terá um “desfecho positivo”. “Também estamos conversando com o DEM para fazer parte deste projeto”.

A princípio, a aliança entre os tucanos e o PR definiria a escolha do vice de Rose, com a indicação de Cláudio Mendonça, mas como a negociação com os outros dois partidos ainda está em andamento, dificilmente a escolha acontecerá hoje, disse Sérgio de Paula.

Da mesma forma, Rose voltou a dizer que as conversas com o PSB e PMDB “estão fluindo” e que o PSDB continua aberto para outras legendas também. “Todos que quiserem acompanhar o projeto serão bem vindos”.

Acordo – No mês passado, o PMDB começou a negociar uma parceria com o PR e PSB para eleição na Capital. O PR foi o primeiro a desistir, agora embarcando no projeto do PSDB. Restou o PMDB e o PSB, que, tem como possíveis pré-candidatos, Marcio Fernandes e Tereza Cristina, respectivamente, que ainda estão definindo qual dos nomes será lançado. O acordo pode mudar, se ambos decidirem apoiar a candidata tucana.



É sério???

Que o PSDB insistirá no nome Rose Modesto para a Prefeitura de Campo Grande...

Ainda há tempo para mudar...
 
Gil em 23/06/2016 13:51:47
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions