A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 16 de Agosto de 2017

03/05/2014 11:58

PSDB não espera mais o PT e já constrói “novo projeto”, diz seu presidente

Josemil Arruda
Márcio Monteiro garante que o PSDB já está trabalhando em outra aliança (Foto: arquivo)Márcio Monteiro garante que o PSDB já está trabalhando em outra aliança (Foto: arquivo)

O presidente regional do PSDB, deputado estadual Márcio Monteiro, informou neste sábado que seu partido já busca a construção de um novo projeto político diante da perspectiva de impossibilidade de aliança com o PT em Mato Grosso do Sul, em decorrência do veto da direção nacional petista.

“Hoje o PSDB está imbuindo na construção de um novo projeto. Não podemos ficar aguardando o PT”, afirmou Márcio Monteiro. Esse novo projeto passa por entendimento com PSB, DEM e PPS, principalmente.

Até agora, segundo o presidente do PSDB, não houve nenhuma posição do senador Delcídio do Amaral, que pediu até este final de semana para tentar convencer a presidente Dilma Roussef a abrir uma exceção para o PT de Mato Grosso do Sul, quanto ao veto nacional a alianças com três partidos da oposição, PSDB, DEM e PPS.

“Não temos nenhuma posição do senador. O entendimento nosso é que se ele trouxer posição, vamos avaliar”, disse o deputado tucano. O senador Delcídio do Amaral participou ontem à noite do encontro nacional do PT e relevou, através de sua assessoria, que chegou a ter uma primeira conversa com a presidente Dilma, que seria complementada neste sábado.

Aliança informal – A possibilidade de aliança informal entre PT e PSDB voltou a ser aventada pelos petistas nos últimos dias, diante da dificuldade de coligação formal por conta do cenário nacional de conflito entre petistas e tucanos, especialmente em razão das acusações em torno de negócios realizados pela Petrobras e a criação de uma Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) para investigar o caso. Nesta semana, o próprio ex-governador e vereador Zeca do PT sugeriu que esse possa ser o caminho para salvar a aliança.

Essa alternativa de “aliança branca”, porém, é rejeitada pelo deputado federal Reinaldo Azambuja, principal liderança tucana no Estado. ““Aliança informal, chapa branca não vamos fazer. Isso já dissemos várias vezes que não vai ter”, disse o parlamentar recentemente.

 

 




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions