A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 22 de Abril de 2018

31/05/2010 13:04

PT deixa suplências vagas para atrair aliados

Redação

Com as presenças das duas maiores lideranças do partido no Estado (Zeca do PT e Delcídio do Amaral), o PT fez uma reunião na manhã desta segunda-feira, em Campo Grande, mas oficialmente não definiu nem o vice do candidato ao governo e nem as três suplências ao Senado que estavam e permanecem vagas.

A maior briga promete ser pela 1ª suplência do Senador Delcídio do Amaral (PT), que aparece bem nas pesquisas de intenção de voto e é apontado como um dos candidatos com maior chance de ser eleito.

De acordo com o presidente regional do partido, Marcus Garcia, a intenção é usar esses "espaços" para acomodar e ampliar os aliados. Entre as suplências, a única definida é a 1ª do candidato a Senador Dagoberto Nogueira (PDT), que é da ex-primeira-dama Gilda Gomes.

Já a vaga de vice-governador havia sido oferecida ao PSB, mas segundo Marcus Garcia permanece indefinida. "Pode ser do PSB, do PV, do PP ou de qualquer outro partido que estejamos conversando", afirmou o dirigente partidário. O PSB ainda não anunciou de que lado estará nas eleições de outubro.

No encontro desta segunda-feira, participaram a Executiva do PT e as bancadas federal e estadual.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions