A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 10 de Dezembro de 2018

29/05/2010 19:31

PT/MS define candidatos e suplentes no dia 6 de junho

Redação

O PT fará no dia 6 de junho, no Grand Mére Buffet, em Campo Grande, um encontro estadual com 852 delegados e observadores para confirmar as candidaturas de Zeca do PT (Governo) e Delcídio do Amaral (Senado), além de deputados federais, estaduais e suplentes de senador.

De acordo com o blog do ex-governador Zeca, além da confirmação do nome da ex-primeira-dama Gilda Gomes como suplente do candidato Dagoberto Nogueira (PDT), o encontro irá definir os nomes de outros três suplentes, dois de Delcídio e o segundo do pedetista.

"Será o grande encontro de unidade e demonstração de força", diz o vice-presidente regional da PT, Rubens Alves.

Disputam a reeleição os deputados federais Vander Loubet e Antônio Carlos Biffi e os estaduais Paulo Duarte, Pedro Kemp e Pedro Teruel.

A eleição também vai marcar a tentativa de retorno de alguns petistas que tiveram os nomes envolvidos em escândalos. O ex-prefeito de Dourados, Laerte Tetila, quer ser eleito deputado estadual.

Na operação Owari (ponto final em japonês), que denunciou fraudes na prefeitura, o filho do ex-prefeito, André Tetila, chegou a ser preso, apontado como o articulador do arrendamento do hospital Santa Rosa, propriedade do grupo Uemura.

Outro que tenta ser eleito é o ex-deputado João Grandão, que não conseguiu se reeleger em 2006 após ter o nome envolvido na Máfia das Ambulâncias (também chamada de Máfia das Sanguessugas). Apesar da derrota nas urnas, Grandão nunca deixou de ser uma das grandes lideranças do partido em Mato Grosso do Sul.

No encontro de domingo serão colocadas em avaliação as políticas de alianças nas eleições deste ano e as 13 diretrizes do plano de governo do PT.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions