A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 27 de Abril de 2018

22/01/2018 13:37

Puccinelli minimiza denúncias e faz mistério sobre coligações

As lideranças do MDB percorrerão 14 cidades do Estado entre 2 de fevereiro e 7 de abril para montar plano de governo

Guilherme Henri e Aline dos Santos
André Puccinelli durante reunião executiva do MDB (Foto: Aline dos Santos)André Puccinelli durante reunião executiva do MDB (Foto: Aline dos Santos)

O presidente do MDB, André Puccinelli, afirmou que as denúncias feitas contra ele na Operação Lama Asfáltica não atrapalharão sua candidatura. A declaração foi feita pelo ex-governador durante reunião executiva do partido nesta segunda-feira (22) na Capital.

No evento, Puccineli ainda fez mistério sobre as coligações com a sigla e apenas reafirmou que segue como pré-candidato ao governo e Waldemir Moka para o Senado. As vagas de vice ao governo e a segunda para senador devem ser negociadas pela sigla para atrair partidos.

“Essas denúncias são sempre as mesmas coisas há vários anos. Querem marcar gol impedido com a mão”, diz o presidente do partido.

Ainda no evento, foi revelado que as lideranças do MDB percorrerão 14 cidades do Estado entre 2 de fevereiro e 7 de abril para ouvir a população e montar o plano de governo.

O primeiro município a receber a caravana “MS Maior e Melhor” será Costa Rica. Na sequência está Coxim, Jardim, Maracaju, Naviraí, Nova Andradina, Amambai, Ponta Porã, Corumbá, Aquidauana, Paranaíba, Três Lagoas, Dourados e a última cidade será Campo Grande.

Nas cidades serão discutidos com a população saúde, educação, segurança, promoção social, habitação, infra-estrutura e desenvolvimento econômico. Nos municípios também terá feita uma pesquisa chamada “Planejando o Futuro com Você”, em que milhares de formulários serão entregue aos moradores para saber a opinião da população. “Vamos ficar roucos de tanto ouvir”, disse Puccinelli.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions