A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

29/07/2013 11:22

Puccinelli não "desgruda" de pesquisa que o põe na liderança para o Senado

Leonardo Rocha e Edivaldo Bitencourt
Governador mostra pesquisa em que está na liderança para o Senado (Cleber Gellio)Governador mostra pesquisa em que está na liderança para o Senado (Cleber Gellio)

Apesar de garantir que não é candidato nas próximas eleições, o governador André Puccinelli (PMDB) não desgruda de uma pesquisa de opinião que o coloca na liderança da disputa pelo Senado em 2014. Hoje, durante a vistoria das obras do Pronto Atendimento Médico (PAM) do Hospital Regional de Mato Grosso do Sul Rosa Pedrossian, ele evitou falar sobre política, mas não perdeu a oportunidade de mostrar o levantamento eleitoral.

Na pesquisa feita pelo Ipems, que não teve os dados divulgados nem foi registrada, ele lidera a disputa pela única vaga de senador que será disputada no próximo ano. Ele apontou o número, que lhe dá a liderança folgada. Apesar de não ter dado detalhes, ele deixou a imprensa fotograr o levantamento e o número.

No entanto, hoje, o governador evitou falar que não pretende disputar outro cargo eletivo. Nem voltou a lembrar que a prioridade é se aposentar e voltar a cuidar dos netos. "Vamos deixar a política para o ano que vem", falou, mostrando-se se satisfeito com o levamento.

As principais lideranças do PMDB ainda tentam convencer Puccinelli a concorrer à vaga ao Senado, porém ele vem dizendo que irá se aposentar após o término de seu mandato. Na semana passada chegou a afirmar que sua chance de participar da eleição era de um em mil e que não mudaria de ideia.

O presidente estadual do PMDB, o deputado estadual Junior Mochi (PMDB), destacou que caso André realmente não dispute o pleito, o partido tem outras lideranças que podem “preencher” este espaço, entre eles o ex-prefeito e atual secretário estadual Nelsinho Trad e a atual vice-governadora Simone Tebet.

O partido pretende anunciar seus candidatos em meados de setembro, após o término dos encontros regionais que tem sua última edição na Capital. A previsão inicial era para o mês de agosto, no entanto após votações no Congresso Nacional e recesso parlamentar, o anúncio foi adiado.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions