A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

21/07/2013 08:46

Chance de André não disputar o Senado é de 90%, diz líder do PMDB

Leonardo Rocha
Deputado destacou que governador confidenciou esta informação, porém o partido ainda tenta convencê-lo a disputar a eleição (Foto: divulgação)Deputado destacou que governador confidenciou esta informação, porém o partido ainda tenta convencê-lo a disputar a eleição (Foto: divulgação)

O deputado estadual Eduardo Rocha (PMDB), líder do PMDB na Assembleia, revelou que o governador André Puccinelli (PMDB) tem 90% de chances de não concorrer a vaga de Senado em 2014.

De acordo com o deputado, está declaração partiu do próprio governador que tem o desejo “pessoal” de se aposentar após o final de seu mandato. “Ele já expôs esta vontade ao partido, estamos tentando demovê-lo da ideia, porém até agora não conseguimos”.

Eduardo destaca que André é a principal liderança política do Estado, e sua saída iria representar uma grande perda para classe política. “Ele poderá ser o nosso principal defensor em Brasília, não vejo ninguém mais capacitado”.

Presidente regional do PMDB, o deputado estadual Junior Mochi (PMDB) ressaltou que caso haja realmente a desistência do governador, o partido tem boas lideranças para participar da disputa. “Temos ótimos quadros, o nosso grupo político é forte e iremos conseguir nos organizar”, afirmou.

Mochi aponta a vice-governadora Simone Tebet (PMDB) e o ex-prefeito e atual secretário estadual Nelsinho Trad (PMDB) como os principais nomes para 2014. “Certamente um será indicado para disputa do governo estadual e o outro para o Senado, estamos confiantes nesta composição”, afirmou ele.

O PMDB espera decidir seus candidatos até meados de setembro, quando termina os encontros regionais do partido. A última cidade desta excursão é justamente Campo Grande, onde será feito o anuncio final.



Por tudo que já fez por Campo Grande e pelo Estado, está capacitado pra disputar até a Presidência da República, haja vista o caos em que se encontra o País. Mas como por lá a máfia é grandiosa, como Senador continuará ajudando e ensinando, como fez com o Nelsinho e outros, os futuros executivos. De preferência gestores que possam dar sequência ao trabalho efetuado pelos dois acima citados, pois parece que a Prefeitura já se encontra em maus lençóis, salvo engano.
 
José Antonio Sassioto em 21/07/2013 17:34:43
Pode ate ser jogada, mas aparentemente Andre Pucinelli demonstra maturidade e interesse de renovação na classe politica. O contrario do PT, onde os velhos dinossauros fazem de tudo pra ficar na foto e noa permitem o partido se renovar...
 
Valdecir Antonio Zaniboni em 21/07/2013 16:53:29
Bom esse é o discurso de quem sabe que o povo já tem suas opiniões formadas sobre 2014. Agora o Dr. André vai perder a imunidade e será a grande chance dos processos abertos contra o mesmo darem prosseguimento. Tem gente do judiciário em Brasilia só no aguardo. Mas Dr. André deixe alguém fazer algo por este Estado, porque até o momento não vi nenhum grande projeto executado por vª excelência.
 
Alex Moraes em 21/07/2013 15:31:59
será uma pena se o Doutor André não disputar as eleições, ele é um cara trabalhador, sério, mato grosso do sul perderia um grande politico.
 
joaquim almeida teles em 21/07/2013 11:34:46
Até que enfim uma boa noticia. André já não atende mais as necessidade da população, pois seu método antidemocrático de governar se perdeu no tempo.
 
Ana Silva em 21/07/2013 10:51:33
mais tem 10% infelizmente e se vier vai levar pau. jogadinha politica, se for um cara inteligente sai pela tangente.... chega
 
roberto mateus em 21/07/2013 10:47:09
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions