A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 17 de Dezembro de 2018

26/07/2011 10:42

Acusados de custear contas com dinheiro público, vereadores de Chapadão do Sul podem ser cassados

Vinícius Squinelo

MPE abriu investigação contra quatro vereadores de Chapadão do Sul

Acusados de atos de improbidade administrativa, os vereadores de Chapadão do Sul Maiquel de Gasperi (DEM), presidente da Câmara Municipal da cidade, Flávio Teixeira Sanches (PT), Elso Gilmar Bandeira (PMDB) e Nilzete Pereira Ribeiro (PTN), além dos ex-vereadores Eduardo Belotti e José Humberto Freitas, foram denunciados pelo Ministério Público Estadual.

O Promotor de Justiça da comarca de Chapadão do Sul, Marcus Vinicius Tieppo Rodrigues, propôs ação civil pública por prática de atos de improbidade, fundamentada em apurações iniciadas no segundo semestre de 2010.

Conforme o processo, neste período houve a utilização irregular de verbas públicas, mais precisamente as ditas indenizatórias e também a prática de atos de improbidade administrativa, porque os vereadores pagaram com dinheiro público contas particulares. Dentre estas contas estão: abastecimento de combustível em veículo particular, pagamento de revisão em veículo particular, pagamento de contas telefônicas particulares sem discriminação das chamadas e também custeamento de informes pessoais na mídia.

O Promotor de Justiça pede que os atos de improbidade resultem na suspensão dos direitos políticos dos envolvidos, na perda da função pública, na indisponibilidade dos bens e na devolução aos cofres públicos dos valores atualizados.



É só em Chapadão????

Roberto Coelho
 
Roberto Coelho em 27/07/2011 09:01:59
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions