A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

28/05/2015 16:42

Radialista perde posto de vereador por um dia por não prestar contas ao TRE

Juliana Brum
O radialista Lúcio Maciel perdeu a chance de legislar por um dia (Foto- Divulgação Câmara)O radialista Lúcio Maciel perdeu a chance de legislar por um dia (Foto- Divulgação Câmara)

Lúcio Maciel (PT), radialista da Capital que teve 1.448 votos na última eleição de 2012, seria um dos sortudos que se tornaria vereador por um dia. No entanto, por não estar com a prestação de contas em dia, ele não poderá ser o suplente de um dos vereadores do PT durante a votação da Comissão Processante contra o prefeito Gilmar Olarte (PP).

Na ausência de Lúcio Maciel, quem assumirá o posto é Élbio Santos (PT) junto com Roberto Durães (PT) e Aldo Donizete (PPS) que devem ser anunciados oficialmente pelo TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) até amanhã (29).

O procurador jurídico da Câmara de vereadores da Capital, Fernando Pinheis afirmou nesta manhã (28), que aguarda o documento oficial para convocar os suplentes.

Os três vereadores da Câmara:Thais Helena, Marcos Alex (PT) e Luiza Ribeiro (PPS), são impedidos de votarem conforme a legislação da Câmara, afastados apenas durante a votação, mas participarão normalmente da sessão ordinária, saindo da tribuna apenas no momento da votação, acompanhando da plateia, segundo o procurador. 

Pinheis também afirmou que estes vereadores por um dia, não recebem nenhum valor monetário, por participar. "Eles são convocados pelo TRE-MS e não são remunerados" afirmou.

A vereadora Thais Helana o PT também aguarda do TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) a lista oficial com os nomes dos suplentes.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions