A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

11/03/2011 09:14

Recursos para recuperar asfalto vão consumir R$ 21,3 milhões em Campo Grande

Fabiano Arruda e Aline dos Santos

Ao todo, prejuízos com a chuva vão exigir R$ 45,8 milhões em investimentos

Prefeito aguarda na Base Aéra reunião com ministro. (Foto: Simão Nogueira)Prefeito aguarda na Base Aéra reunião com ministro. (Foto: Simão Nogueira)
Estragos na avenida Ernesto Geisel. (Foto: João Garrigó)Estragos na avenida Ernesto Geisel. (Foto: João Garrigó)

Em entrevista agora pela manhã na Base Aérea de Campo Grande, o prefeito Nelson Trad Filho (PMDB) detalhou os investimentos necessários para recuperação da cidade, após os estragos causados pela chuva. Dos R$ 45,8 milhões estimados, só para recuperação de vias asfaltadas, os gastos serão de R$ 21,3 milhões.

De acordo com o prefeito, não chovia durante tanto tempo há 50 anos em Campo Grande. O segundo gasto mais alto será destinado para recuperar as vias não pavimentadas: R$ 11,3 milhões.

Para recuperar o trecho onde há uma cratera no bairro Nova Lima, na área do Exército, serão necessários R$ 6,2 milhões.

Trad definiu a situação como preocupante, pois a cratera fica há 10 metros de um local de alta densidade populacional.

No bairro Jardim Carioca serão investidos R$ 5 milhões, enquanto, nos Laranjais, serão R$ 2 milhões.

O prefeito comentou ainda que as estradas dos distritos na Capital estão intransitáveis.

Pontuou que bairros com lençol freático alto, como Santa Emília, São Conrado, Caoibá e Santo Antônio, são muito castigados pelas chuvas.

Nelson Trad Filho lembrou a importância, neste momento, da elaboração de projetos por parte dos municípios para que as verbas sejam liberadas. O governo do Estado deve disponibilizar técnicos para ajudar os prefeitos na elaboração dos projetos.

O prefeito elogiou a visita do ministro “para ver as coisas”. Ele comentou que as chuvas “esburacaram” toda a cidade e que os bairros listados serão prioridades.

O chefe do Executivo Municipal lembrou que, no ano passado, recebeu verba do governo federal para as obras anti enchentes realizadas na avenida Ceará e na Ricardo Brandão.

Além disso, Trad comentou que algumas obras, paradas na cidade, como a do Shopping Campo Grande, estão dentro do cronograma e aguardam o tempo estabilizar para serem retomadas.

O prefeito de Campo Grande e outros prefeitos das regiões atingidas aguardam reunião com o ministro da Integração Nacional.

Sobrevôo - O ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, sobrevoa, neste momento, juntamente com o governador André Puccinelli (PMDB), a região de Aquidauana, que inclui Anastácio, Miranda e Dois Irmãos do Buriti, uma das mais castigadas pela chuva em Mato Grosso do Sul.

Além do reconhecimento de áreas que precisam de verbas para infra-estrutura, a visita do ministro também vai analisar os prejuízos com a safra no Estado. As perdas podem chegar a R$ 1,5 bilhão.

Além do asfalto, estruturas as margens de córregos também foram afetadas. (Foto: Simão Nogueira)Além do asfalto, estruturas as margens de córregos também foram afetadas. (Foto: Simão Nogueira)
Bairros também foram alagados na cidade.Bairros também foram alagados na cidade.


Fosse este parlamento estadual, e municipal, composto por pessoas idôneas. Já à muito tempo, teria sido proibido o uso de LAMA ASFALTICA, na execução de obras de pavimentação de vias públicas, pois já está mais que provado, que um serviço executado com técnica competência e honestidade, tem a durabilidade de até 15 anos sem manutenção, e a aplicação de lama asfaltica, não suporta uma chuvarada. Claro que com isso, a manutenção é contante, como todos vemos.. recursos esses, que poderiam ser usados na execução de novas obras, que sendo bem executadas, já teriamos a cidade toda asfaltada. JÁ DEU A HORA DE POLITICOS HONESTOS................
 
Antonio Luiz Paulo em 12/03/2011 07:15:06
engraçado como descobre rapido o valor em milhões que vão gastar...
 
alziro junior em 11/03/2011 11:18:17
Porque as obras feitas anos atrás como exemplo a canalização da Maracaju, no centro da cidade, nunca deu defeito?
As obras de todo tipo de asfalto ou canalização de córregos em Campo Grande, ou de rodovias estaduais executadas de uns quatorze anos atrás, todas tem ou tiveram problemas, tanto de projetos ou execuções mal feitas, sem as devidas fiscalizações corretas.
Mas tem neguinho aí, com salários secretário comprando fazendas e se elegendo a peso de ouro a cargos importantes.
Estamos de olho.
 
Paulo Thadeu Hansen em 11/03/2011 10:12:57
Esses recursos que serão liberados para MS, vai ser igual raposa no galinheiro, não vai sobrar nada para a devida aplicação. Falam em milhões e milhões... Isso é para dar impacto ou impressionar o coitado do eleitor que não é leitor. Quando o tempo está seco ninguém faz nada, agora ficam botando a culpa na chuva. As eleições municipais está chegando, vai tem muitas surpresas, podem esperar seus relapsos e incompetentes.
 
osmiro capistrano da costa em 11/03/2011 06:02:40
Que bom que o prefeito está mobilizando a equipe para conseguirmos os recursos, a situação nos bairros está calamitosa! Quando essa verba sair, muitos problemas de Campo Grande vão se resolver, mas a população precisa colaborar!
 
Vanessa Vidal em 11/03/2011 02:29:47
A verdade pe que o prefeito atual herdou foi um grande pepino de gestões passadas... Realmente, asfalto é uma obra muito cara e agora só pode ser feita em conjunto com obras de drenagem, precisa de repasse. Mas até reaplicar aslfalto em vias é caro. Enfim, espero que o dinheiro venha e resolva de vez a situação!! Nossa cidade merece!
 
Júlio Almeida em 11/03/2011 02:26:11
Vai sair uns 300 paus por buraco pequeno, e uns 500 os grandes, (por baixo), ah! e com garantia apenas até a próxima chuva!!
 
joao de deus em 11/03/2011 02:18:29
O dinheiro não é público? Então tem mais é que investir e não ficar se lamentando....
 
Ana Pricilla Delhina Leite em 11/03/2011 02:06:20
O PROBLEMA EH QUE FAZEM UM ASFALTO "CASCA DE OVO". É SÓ AMEAÇAR CHOVER QUE OS BURACOS APARECEM. GASTAM TANTO DINHEIRO PRA FAZER UM SERVIÇO DE TERCEIRA QUALIDADE, SERÁ QUE EH PRA SOBRAR MASIS PARA OS POLITICOS E EMPREITEIRAS?
 
FERNANDO PEDRO CORREIA em 11/03/2011 01:25:56
Será que estes 21 milhoes que serão investidos nas ruas de CG vai ser para tapar buraco ou fazer asfalto novo???

Pq se for pra tapar buraco vai continuar a mesma porcaria de sempre!!!
 
Deocleciano Ratier Dias de Sá em 11/03/2011 01:03:10
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions