A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

29/07/2008 12:30

Regras rígidas fazem PMDB reunir candidatos no Estado

Redação

O presidente regional do PMDB, Waldemir Moka, realiza nesta tarde, na casa dele, uma reunião com o governador André Puccinelli, o senador Valter Pereira, deputados e candidatos a prefeito e vice do partido. A intenção é evitar que, diante de normas rígidas, os candidatos acabem cometendo abusos nessas eleições.

A reunião é restrita aos peemedebistas. A imprensa foi convidada a se retirar da casa, assim que o governador chegou ao local. No microfone, Moka tratou de avisar que, apesar do clima festivo, tratava-se de uma reunião séria para de orientação aos candidatos.

Nesta eleição, está proibida a apresentação nos comícios de músicos ou de qualquer outro tipo de artista, como mágicos e palhaços. Também está vetado o oferecimento de alimentação em reunião com eleitores, a distribuição de brindes como camisetas e bonés e a publicidade em bens públicos e em locais de uso comum como shopping, táxi e ônibus.

Até o início da reunião, os candidatos das principais cidades como Nelson Trad Filho (Campo Grande), Simone Tebet (Três Lagoas) e Ricardo Eboli (a vice em Corumbá) não haviam chegado. A reunião teve início com 46 candidatos presentes, sendo 14 a vice. O PMDB possui 41 candidatos a prefeito e 26 a vice.

Moka afirmou que a reunião tem a intenção de uniformizar a campanha, otimizar recursos e organizar as agendas do governador André Puccinelli e de congressistas que irão prestar apoio aos candidatos nos municípios.

Segundo o presidente regional, a contribuição do partido será basicamente a de fornecer estrutura gráfica para a confecção dos chamados

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions