A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

08/09/2014 10:18

Reinaldo defende “terceirização” e vai avaliar conclusão de obras

Kleber Clajus e Leonardo Rocha
Candidato disse que lista de obras de Puccinelli serão avaliadas em uma futura gestão (Foto: Marcelo Calazans)Candidato disse que lista de obras de Puccinelli serão avaliadas em uma futura gestão (Foto: Marcelo Calazans)

O candidato ao governo do Estado, Reinaldo Azambuja (PSDB), defendeu hoje (8) a terceirização de serviços do Estado e avaliação sobre a conclusão de obras iniciadas por André Puccinelli (PMDB). As declarações ocorreram durante encontro com empresários na sede do Sinduscom-MS (Sindicato da Indústria da Construção do Estado de Mato Grosso do Sul), em Campo Grande.

“Muito melhor terceirizar e ter eficiência, do que não ter condições de prestar um bom serviço”, declarou Azambuja, ressaltando ainda que o serviço público em uma futura gestão terá como base a meritocracia.

Ao segmento da construção, o tucano disse que são necessárias regras federais mais claras para não travar o crescimento do setor, uma vez que “ter lucro não é pecado”. O diálogo, no entanto, deve envolver trabalhadores, empresas e os sindicatos em busca de um programa de desenvolvimento focado na segurança nos empreendimentos e qualificação de mão de obra.

“O Estado não pode perder oportunidades, precisa ser um modelo de empreendedorismo”, pontuou.

Sobre o fato de Puccinelli deixar uma lista de obras para seu sucessor, Azambuja disse que, caso eleito, avaliará cada uma para “ver quais são realmente importantes para a população e, dessa forma, definir nossas prioridades”.

Roda de debate – O evento do Sinduscom-MS deve contar ainda com a presença dos candidatos Nelsinho Trad (PMDB) e Delcídio do Amaral (PT). Cada um deles, assim como o tucano, terá uma hora para expor suas propostas e responder perguntas de convidados vinculados ao segmento.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions