A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

08/07/2015 13:57

Reinaldo diz que modelo de gestão deve ser feito em alguns hospitais

Leonardo Rocha
Reinaldo ressaltou que modelo de gestão por organizações sociais é mais ágil e eficiente (Foto: Marcos Ermínio)Reinaldo ressaltou que modelo de gestão por organizações sociais é mais ágil e eficiente (Foto: Marcos Ermínio)

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) comentou sobre o projeto que regulamenta o repasse da gestão de hospitais estaduais para organizações sociais, levando em conta resultados positivos que aconteceram em outros estados. Ele afirmou que este modelo se mostrou eficiente e que pode ser implantado em algumas unidades do Estado.

Reinaldo explicou que este “novo modelo” de saúde tem grande retorno no Estado de Goiás, onde pôde conferir pessoalmente a boa gestão nos hospitais, que em sua maioria são administrados pelas organizações sociais. “Mato Grosso do Sul já tem esta lei, o que vamos fazer é apenas regulamentar esta questão, pois poderemos usar em algumas unidades”.

O tucano não adiantou em que hospitais pode fazer este repasse de gestão, mas ponderou que neste modelo as atividades podem se feitas de forma mais ágil e com menos burocracia.

“Nas Organizações Sociais todos os procedimentos são feitos mais rápidos, não se precisa de todo regramento do serviço público, que dura mais tempo”, disse ele durante entrevista coletiva, junto com o ministro de Assuntos Estratégicos, Roberto Mangabeira Unger.

Projeto – O deputado Rinaldo Modesto (PSDB), líder do governo, ressaltou que o projeto que regulamenta as organizações sociais para esta função, segue agora para as comissões permanentes, para depois ser avaliado pelos deputados no plenário da Casa de Leis.

“Nós pudemos ver como este sistema funciona com eficiência em Goiás e poderia trazer benefícios para Mato Grosso do Sul, com uma gestão eficiente e ágil nestes hospitais, além disto já existe uma lei que prevê esta atividade no Estado, vamos apenas regulamentar”.

Reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, diz Meirelles
A reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, de acordo com o ministro da Fazenda Henrique Meirelles. A declaração foi dada na noite de...
Quanto mais reforma demorar, mais dura será correção, diz ministro
Caso o governo não consiga aprovar a reforma da Previdência ainda este ano, conseguirá em 2018, disse hoje (11) o ministro do Planejamento, Dyogo Oli...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions