A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

16/04/2016 12:49

Reinaldo diz que pediu para Resende ficar em Brasília e votar contra Dilma

Ao encerrar sua presença na Caravana da Saúde, governador endureceu o discurso pelo impeachment e disse que “qualquer governo que venha é melhor do que esse que está aí”

Helio de Freitas, de Dourados
Reinaldo disse que pediu para deputado tucano permanecer em Brasília e votar por impeachment (Foto: Eliel Oliveira)Reinaldo disse que pediu para deputado tucano permanecer em Brasília e votar por impeachment (Foto: Eliel Oliveira)

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) endureceu o discurso em defesa do impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) ao encerrar, por volta de 12h deste sábado (16), a sua visita à Caravana da Saúde em Dourados, cidade a 233 km de Campo Grande.

Após afirmar, ao chegar ao local que “não tem nada contra Dilma”, mas considera o impeachment a vontade do povo, o tucano foi mais direto nas palavras e disse que pediu para o deputado federal Geraldo Resende (PSBD) permanecer em Brasília, para votar pela abertura do processo de impedimento.

“Falei para o Geraldo: fica em Brasília, não precisa vir na Caravana. Vai que você perde o voo e não consegue chegar a tempo e falte justamente o seu voto para aprovar o impeachment e mudar a história deste país”, afirmou Reinaldo.

O governador, que já tinha afirmando horas antes que defende a participação do PSDB tanto em eventual governo de Michel Temer (PMDB) ou em caso de novas eleições, disse que “qualquer coisa que vier” após o impeachment será melhor para o país.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions