A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 21 de Setembro de 2018

30/08/2018 12:51

Reinaldo vai aproveitar programa eleitoral para defender seu legado

Além de abrir o horário eleitoral, o governador vai dispor de mais tempo que os rivais

Leonardo Rocha
Governador Reinaldo Azambuja concedeu entrevista ao chegar no Mercadão, ao lado de Nelsinho Trad (Foto: Marina Pacheco)Governador Reinaldo Azambuja concedeu entrevista ao chegar no Mercadão, ao lado de Nelsinho Trad (Foto: Marina Pacheco)

Com mais tempo no programa eleitoral, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) vai usar o espaço para “defender seu legado” a frente do Estado, nestes três anos e oito meses de mandato. Ele revelou que vai mostrar o que foi feito, as inovações da sua gestão e quais são as propostas para os próximos quatro anos.

“Vamos mostrar o trabalho que fizemos, até para defender ao eleitor a manutenção da nossa equipe no governo estadual. Também iremos mostrar nossas próximas propostas para continuar este projeto que iniciamos em 2015”, disse o governador, durante agenda pública no Mercadão.

Reinaldo disse que seus programas na televisão e rádio serão “propositivos”, sem ataques aos adversários. “Iremos aproveitar o tempo maior para fazer esta exposição, até porque priorizamos o trabalho e gastamos pouco em publicidade durante a gestão. É importante que a população saiba os avanços que tivemos nos últimos anos”, defendeu o tucano.

O governador vai dispor de três minutos e 50 segundos, sendo inclusive o primeiro a aparecer na propaganda eleitoral, que começa amanhã (31), no rádio e televisão. O segundo (candidato) na ordem de sorteio do TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de MS), será Odilon de Oliveira (PDT), que terá 56 segundos para apresentar suas propostas.

Ele será seguido por João Alfredo (PSOL) que vai contar com 14 segundos, tendo depois Marcelo Bluma (PV) com 29 segundos. O quinto a aparecer é Humberto Amaducci (PT) com 1 minuto e 22 segundos. Restará a Junior Mochi (MDB) fechar o programa eleitoral para o governo, dispondo de 2 minutos e seis segundos. Ele é o segundo candidato com mais tempo.

Horários - Às segundas, quartas e sexta-feiras, os programas serão para os candidatos ao Senado, deputado estadual e governador, que vão expor as propostas na televisão das 12 horas às 12h25 e, depois, das 19h30 às 19h55. Terças, quintas e sábados, será a vez dos candidatos aà presidente da República e deputados federais.

No rádio, são os mesmos dias, mas em horários diferentes. Das 6 horas às 6h25 e das 11 horas às 11h25. Ao todo, o tempo dedicado para candidatos ao governo é de nove minutos; para o Senado são sete e deputados (estaduais) nove minutos também.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions