A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

14/06/2010 06:39

Rigo e Onevan serão julgados hoje por infidelidade

Redação

Os deputados estaduais Onevan de Matos e Ary Rigo, hoje filiados ao PSDB, serão julgados hoje, às 17h, no processo movido pelo PDT, em que são acusados de infidelidade partidária.

Na última terça-feira, durante sessão do pleno do TRE (Tribunal Regional Eleitoral), os parlamentares receberam dois votos contrários à cassação e um favorável.

Votaram contra o relator do processo, Luiz Gonzaga Mendes Marques, e o desembargador Rêmolo Letteriello.

O voto favorável foi do desembargador Miguel Florestano Neto. O advogado Ary Raghiant Neto pediu vistas, motivo que adiou o julgamento para esta segunda-feira.

O PDT requereu o mandato dos deputados alegando infidelidade partidária. Rigo e Onevan ingressaram no PSDB em 2009, alegando perseguição política dentro da legenda pedetista.

Havia, segundo eles, a ameaça de negativa de legenda para que disputassem a reeleição.

Rigo e Onevan argumentam que foram perseguidos após a intervenção no partido, organizada pelo diretório nacional e mobilizada pelo deputado federal Dagoberto Nogueira e pelo então presidente regional da legenda, João Leite Schimidt.

Se forem condenados, podem perder o mandato. Os cargos, neste caso, são assumidos imediatamente pelos suplentes Bela Barros e Humberto Teixeira.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions