A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Agosto de 2017

04/02/2014 11:47

Saraiva chama Bernal de perseguidor e diz que relação será a “ferro e fogo”

Francisco Júnior e Kleber Clajus

O vereador Airton Saraiva (DEM), líder da oposição na Câmara, não poupou críticas ao prefeito Alcides Bernal. Em discurso nesta manhã (4), durante a primeira sessão da Câmara deste ano, chamou o prefeito de perseguidor e disse que a relação entre eles será “a ferro e fogo”.

Saraiva bateu muito na questão do prefeito ter vetado 73 emendas apresentadas pelos vereadores. “A oposição não é raivosa, mas responsável. É preciso que o prefeito respeito a Casa Legislativa”, disse indicando mais um ano conturbado na relação da oposição com Bernal.

Durante o discurso afirmou que a mãe de um assessor dele foi demitida após descobrirem o parentesco. Segundo ele, a mulher era contratada da prefeitura e trabalhava em um centro de educação infantil. “As coisas com ele serão no ferro e fogo, até porque é um perseguidor, como fez com a mãe de um dos assessores do meu gabinete”, relatou no discurso.

Ele considerou falso o discurso que o prefeito fez ontem (3) na abertura dos trabalhados da Câmara, onde pediu harmonia entre o Legislativo e o Executivo. Mesmo diante das duras criticas, Saraiva disse que espera alguma mudança para melhor na relação com o prefeito.

Após discursar, ele se reuniu com o principal aliado do prefeito na Câmara, Derly dos Reis, o Cazuza (PP) e com os secretários Wanderlei Ben Hur (Finanças) e Pedro Chaves (governo) .

Emendas - Dentre as emendas vetadas, 21 delas se referem a pavimentação asfáltica destinada aos bairros: Tijuca, Nova Campo Grande, Jardim das Perdizes, Izabel Gardens, Nova Lima, Ouro Verde, Portal Caiobá, Moreninha 4, Nova Jerusalém, Nossa Senhora das Graças, Hortênsias, José Teruel Filho, Parque dos Girassóis, Pacaembu, Vila Bela, Aero Rancho I, II e III, Nasser, Residencial das Flores, Itamaracá, Santa Mônica e Cristo Redentor. Cada bairro receberia R$ 800 mil.

Consta ainda da longa lista de obras vetadas pelo prefeito a construção de casas populares na região do bairro Dom Antônio Barbosa, no valor de R$ 2,5 milhões; de Centros Culturais na Cophavila II, Tiradentes e Jardim Los Angeles, no valor R$ 6 milhões; do lar para idosos em situação de vulnerabilidade social, R$ 2,5 milhões; bicicletário nos órgãos públicos, com custo estimado de R$ 400 mil; unidade de saúde 24 horas no Centro, no valor de R$ 600 mil; e a concessão de bolsa universidade de pós graduação, no valor de R$ 3,5 milhões.

 




O Prefeito Bernal que é o perseguidor???? Não entendi. Daqui a pouco o peixe vai pescar o pescador. Faça me o favor....
 
Christian Maluf Victorio em 04/02/2014 14:56:12
Acabou a mamata vereador Airton Saraiva. Foram quase 20 anos de los mismos na prefeitura de Campo Grande. O Sr. fez parte desse grupo e não reclamava de absolutamente nada. O rodízio, mesmo que seja para pior , em se tratando de política é salutar.
 
João Pedro em 04/02/2014 13:49:58
Não adianta nobre Vereador, esse prefeito gosta é da anarquia ele não esta interessado nem um pouco em administrar a nossa cidade que esta largada. sempre será assim, arruma confusão com um aqui com outro ali, e assim vai indo até o fim do mandato. Eu que votei nesse prefeito já perdi a esperança, arrependi amargamente pelo voto perdido.
 
Rafael Alves oliveira em 04/02/2014 13:25:30
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions