A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

13/07/2015 11:51

Sem dinheiro, secretário aposta no diálogo para acabar com a greve

Antonio Marques
Prefeito Gilmar Olarte dá posse ao novo secretário de Educação Marcelo Salomão (Foto: Fernando Antunes)Prefeito Gilmar Olarte dá posse ao novo secretário de Educação Marcelo Salomão (Foto: Fernando Antunes)

Após assumir a secretaria de Educação, o advogado Marcelo Monteiro Salomão disse que a saída para evitar a continuidade da greve no retorno das aulas no final do mês será o diálogo. Segundo ele, já teria conversado com com o presidente da ACP (Sindicato Campo-grandense dos Profissionais da Educação Pública), Geraldo Gonçalves Ales, e sentiu disposição para dialogar e encontrar uma saída. “Nosso objetivo é o aluno. Não podemos esquecer de fortalecer o aluno”, declarou.

Em uma posse com o auditório lotado na Secretaria Municipal de Educação, na manhã de hoje, 13, Marcelo Salomão ouviu muitos elogios e desejos de sucesso para enfrentar o desafio de gerir a educação da Capital. O prefeito Gilmar Olarte (PP) declarou que estava feliz com a escolha. “Depois que anunciamos seu nome na sexta-feira na imprensa tive certeza do acerto na sua indicação. Acredito no seu trabalho e na sua honradez”, afirmou ele.

Marcelo Salomão ocupava o cargo de superintendente de Orçamento, Finanças e Contratos da Secretaria de Estado de Educação desde janeiro deste ano. Ele é advogado, pós-graduado e professor de Direito Civil. Possui MBA em Gestão Educacional, tendo sido coordenador do curso de Direito da Uniderp.

O prefeito fez questão de saudar e agradecer à esposa do novo secretário, Viviane Amêndola da Motta, filha da atual secretária de Estado de Educação, Maria Cecília Amêndola da Motta. Olarte pediu que ela ficasse de pé para receber os aplausos dos presentes, enquanto a apresentou como assessora do TCE (Tribunal de Contas do Estado). “Sem a companheira somos capenga”, destacou ele, referindo-se ao fato de o novo secretário ter maior dedicação à Pasta e sobrar menos tempo para a mulher.

Salomão declarou que pretende manter projetos que já deram certo em outras situações para que Campo Grande volte a melhorar no Ideb (Índice de Desenvolvimento de Educação Básica), que apresentou queda na pontuação em 2014, em relação ao ano anterior, de 5,8 para 5,4. Lembrou que vai analisar todos os projetos da secretaria e aqueles que entender que significarem avanços serão mantidos.

Em relação ao calendário de reposição de aulas por conta da greve afirmou que vai sentar com todos os envolvidos para definir algo que não prejudique o aluno. “Vamos conversar e propor um calendário que não sufoque o aluno. É o que menos tem culpa”, reiterou.

Para o presidente da ACP, Geraldo Alves, há uma boa expectativa com o novo secretário, mas vai depender da autonomia que ele recebeu do prefeito. “Já conversamos com ele e vamos voltar a nos falar nesta semana, no sentido de encontrarmos uma solução para o fim da greve”, revelou ao fim do evento, lembrando que aproveitou para dizer ao prefeito que o problema da paralisação não era econômica, mas política e só dependeria da decisão dele para acabar.

No cargo de secretário-adjunto tomou posse Fabiano Gomes Feitosa, homem de confiança do prefeito.

Presidente Michel Temer deve ter alta na manhã desta sexta-feira
O presidente Michel Temer deverá ter alta hospitalar na manhã desta sexta-feira (15), informou o médico Roberto Kalil Filho, que coordena os cuidados...
Interrogatório de Lula na Operação Zelotes é marcado para fevereiro de 2018
A Justiça Federal em Brasília marcou para o dia 20 de fevereiro de 2018 os interrogatórios do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e de seu filho ...


Exatamente, vai o contribuinte falar que não tem dinheiro pra pagar o IPTU pra ver se a prefeitura vai dar um desconto...tem que pagar o que está lá e pronto!
 
Jorge em 13/07/2015 17:11:17
É impressionante como são dois pesos e duas medidas, se é o trabalhador que está sem dinheiro, não tem conversa, ou paga ou paga, quando já é a prefeitura, a história muda e muito, estamos sem dinheiro mas estamos abertos ao diálogo....... isso é conversa pra boi dormir.
 
Max em 13/07/2015 14:50:05
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions