A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 19 de Agosto de 2018

09/08/2018 12:17

Sem quórun, deputados não votaram projetos na Assembleia

Mais uma vez faltou parlamentares para avaliação de projetos nas sessões de quinta-feira

Leonardo Rocha
Deputados Enelvo Felini (PSDB) e Cabo Almi (PT), ao fundo, durante sessão na Assembleia (Foto: Victor Chileno/ALMS)Deputados Enelvo Felini (PSDB) e Cabo Almi (PT), ao fundo, durante sessão na Assembleia (Foto: Victor Chileno/ALMS)

A Assembleia Legislativa não votou projetos na sessão desta quinta-feira (09), já que na hora da votação não tinha quórun suficiente, pois estavam no plenário apenas sete parlamentares, sendo que é necessário ter ao menos 13 deputados. Esta situação já ocorreu em outras oportunidades neste ano eleitoral.

Os deputados votam projeto de terça a quinta-feira, mas como começou a faltar parlamentares na última sessão da semana, nestes dias os projetos são incluídos na hora da votação, sem divulgação das matérias de forma antecipada. Estavam presentes hoje: Rinaldo Modesto (PSDB), José Carlos Barbosa (DEM), Cabo Almi (PT), Enelvo Felini (PSDB), Eduardo Rocha (MDB), Lídio Lopes (PEN) e Maurício Picarelli (PSDB).

O presidente da Assembleia, o deputado Junior Mochi (MDB), já declarou que vai conversar com os deputados para que os trabalhos no legislativo não fiquem prejudicados no ano eleitoral e que nos casos em que não houver a devida justificativa ou apresentação de atestado, os parlamentares podem ter os salários descontados em função das faltas.

No primeiro semestre, a Assembleia divulgou que houve a aprovação de 177 projetos, o que representa em média quatro para cada sessão, além da análise de 54 emendas, 09 vetos, 1,5 mil indicações, 613 moções e 118 requerimentos. A expectativa da direção é “manter a mesma produção” durante o período de campanha eleitoral.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions